abril 10, 2017

(Resenha) O sol também é uma estrela, by Nicola Yoon


Informações técnicas
Autora Nicola Yoon
Editora ARQUEIRO - SEXTANTE
Ano de Ediçãov2017
Nº de Páginas 288

                                       Sinopse
Primeiro lugar na lista de mais vendidos do The New York Times.
“Poético e envolvente, cheio de esperança, dor... e toda a vibração universal do coração humano.” – Booklist
“Emocionante e surpreendente.” – Publisher’s Weekly
Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história. Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois. O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?


"Para fazer uma coisa simples como uma torta de maçã,você precisa criar o mundo inteiro." Página 9 


O quê falar de um livro que te conquista logo no prólogo?Há indagações e poesias; amor á primeira vista  por essa autora.Não sabia que esse livro seria tão fabuloso ao solicitá-lo pela Arqueiro.

Temos vários POVS( pontos de vistas) aqui.Natasha e Daniel são os protagonistas dessa história INCRÍVEL, mas ainda sim a autora aborda a personalidade de cada personagem que participa de alguma forma do enredo.Tudo parece estranho na vida deles: O irmão de Daniel está quase sendo expulso da faculdade( uma das melhores), e a família de Natasha está sendo deportada dos EUA, pois são imigrantes.Antes da história ingressar, percebemos que há um excesso bonito(ahahah) de pensamentos poeticos dos personagens.Temos uma descrição dos sentimentos de uma mulher que trabalha no USCIS: Serviço de Imigração e Cidadania dos EUA.Há POVS do presente, passado e futuro.Isso pode confundir um pouco a cabeça do leitor, mas com o passar do tempo conseguimos acompanhar o raciocínio da autora.

Além de tudo isso, temos outro embate aqui: Daniel é asiático e Nat é negra.Já pensaram na pressão né? Você ama o Daniel pela sua habilidade de amar as pessoas e transformar isso em poesias e quer dar um beijo na Nat por uma personalidade tão forte e única.

O livro não tem uma SUPER histórias, mas esses pequenos elementos que constroem essa narrativa diferente e fluída nos fazem pensar em várias coisas do nosso cotidiano.Espero que vocês tenham ficado tão curiosos com o desenvolvimento dessa história quanto eu,rs.De uma forma geral, o livro fala sobre liberdade,amor ao próximo e o amor próprio.

Xoxo,

Carol

4 comentários:

Miriã Mikaely disse...

Oi, Carol. Ainda não li nada da autora mas eu já gostei dela ter pego personagens tão diferentes entre si e colocá-los em um contexto completamente novo. Nunca li nada sobre a deportação, então vai ser bem diferente para mim. Espero gostar também!
Beijo, Blog Leitora Encantada

Cláudio Cabral disse...

Oi Carol!
Essa autora é uma das minhas queridas do momento.Ela escreve com tanta emoção,tanta delicadeza....é quase poético mesmo!
Ganhei esse livro no evento da Arqueiro,já quero muito ler!!
Beijos!

http://livreirocultural.blogspot.com.br/

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Carol!
Li o outro livro da autora e me decepcionei um pouco. Por isso estou com pé atrás para iniciar esse.
Beijos
Balaio de Babados
Participe do #Sorteio1KSeguidores

Luana disse...

wow! adorei!!!
já vou colocar na minha lista!

xoxo
Guria do Século Passado

Postar um comentário