fevereiro 07, 2017

(Além dos Versos) Tempo Amigo, by Marcos Roberto

Oi galerinha, beleza?Espero que sim.Bora conhecer mais uma poesia do meu amigo Marcos?Pessoas lindas(os) do meu Brasil, mandeeeeeeeeeeeem email com os versos de vocês para que eu possa prestigiá-los(as) e publicar aqui no meu humilde blog,ok?
Mandem um "hello" para carolina.hermanas@yahoo.com.br







                                                     Tempo Amigo

Hoje o tempo é ingrato comigo;
Antes costumava ser meu amigo;
Lá pelos tempos de menino;
Quão bom seria controlar seu ímpeto
Mas insanamente ele insiste em parar;
Lentamente caminhar;
Quando na verdade eu preciso que ele corra;
Que majestosamente corra;
Parece que ele nunca foi comigo;
Tentou roubar meu tempo de menino;
Felizmente ainda guardo no coração;
Tudo agora é uma ótima recordação;
Saudades de um mundo sem maldades;
Espero que ele corra;
Que majestosamente corra;
Para que mais rápido permaneça ao seu lado;
Aí sim ele poderá tardar;
Vagarosamente caminhar;
Meu coração não estará mais comigo;
O tempo será meu melhor amigo;
Vagarosamente caminhar; 
Parar;
E em seus braços poderei repousar;
O tempo...



Marcos Roberto Santos ( 02/09/2008 ) 


Xoxo,

Carol


3 comentários:

Nessa disse...

Oie
Que lindo o poema. Legal sua iniciativa de divulgar as obras.

Beijinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Iris Pereira disse...

Oi,
Amei o poema!! Realmente o tempo pode ser nosso maior amigo e inimigo!
Bjs!
Fadas Literárias

Line Bernardo disse...

Oi Carol,
Saudades! Quantas mudanças por aqui, adorei!
Gostei muito da poema, o tempo...ah o tempo ele corre sem parar.
Bjs❤
Abrir Janela

Postar um comentário