novembro 23, 2016

(Resenha) Muito amor, por favor, by autores contemporâneos

Autores:Arthur Aguiar,Frederico Elboni,Ique Carvalho,Matheus Rocha,Arthur Aguiar
Editora: Sextante
Número de Páginas:240
Número Edição:1
Ano Edição:2016

                          Sinopse
Este livro reúne textos que mostram o amor do ponto de vista de quatro jovens que escrevem sobre relacionamentos legítimos e atuais, que souberam se reinventar. Sem medo de expressar seus sentimentos, deixam para trás estereótipos já obsoletos – como o controlador machista ou o piegas choroso – e falam sobre viver a dois e sobre a natureza das relações em todos os seus aspectos.

O AMOR É ÁGUA
Arthur Aguiar escreve sobre o amor quando ele é como a água: pode ser agradavelmente quente ou ferir se ficar gelado e rígido. Por vezes é tempestade, por vezes, calmaria. Mas quando é fluido, torna-se profundo e amolda-se a tudo.

O AMOR É AR
Frederico Elboni fala sobre o amor ar, aquele que é leve, que eleva, faz flutuar. Mostra como é amar sem peso, sem amarras. Mesmo quando vem um vendaval, logo volta a ser a brisa, envolvendo os apaixonados com carinho e cuidado.

O AMOR É FOGO
Ique Carvalho escreve sobre o amor quando ele é fogo, que arde, arrebata, aquece a alma, mas às vezes incendeia até doer. Pode se manter como brasa por muito tempo, aguardando a chance de ser chama de novo, ou até renascer das cinzas

O AMOR É TERRA
Matheus Rocha fala sobre do amor do tipo terra, aquele estável, certo, que traz segurança, mas que pode, de vez em quando, provocar terremotos que abalam estruturas, tiram tudo do lugar e viram a rotina de ponta-cabeça.

Amo todos os autores de uma forma única.Esses artistas contemporâneos são muito inteligentes.O livro retrata os quatro elementos, e cada um aborda isso em vários textos.


"Você me ligou dizendo que estava em um bar sozinha.
Nós prometemos um ao outro que não ficaríamos naquele dia.
Quando foi que nos tornamos tão mentirosos nesta vida?" página 15


O Ique gosta de prova como citado acima, e além disso, consegue transbordar as poesias em forma de rimas nas suas histórias.Eu gosto muito desse jeito inovador que ele costuma escrever.E ele, no livro, retrata alguns textos sobre o elemento fogo.
Apesar de cada um escrever um texto referente aquele determinado elemento, percebemos aqui a intensidade de cada autor nas suas diversas histórias.

"Sempre que você dorme antes de mim, fico aqui lutando para que o sono me vença também.É que nossa brincadeira de dizer que nos vemos no mundo dos sonhos para mim faz todo o sentido." Página 128


Matheus tem um cuidado extremo com as palavras.Como se todas fossem realmente pensadas sabe?Complicado explicar a profundidade em que ele coloca o autor, mas faz com que eu me sinta próxima de seu coração.E esse sentimento é o melhor do mundo.
Na maioria dos textos, os autores se manifestam.Através dos fatos ocorridos, percebemos que há muitas verdades em cada texto.


..."Mesmo que sejamos esse eterno para-raios de confusões,esse vendaval de emoções; mesmo que procuremos aquele beijo afoito buscando achar um amor para a vida inteira." Página 198


O Frederico Elboni, ah, esse é meu companheiro literário para todas as horas.O Fred descreve suas personagens de uma maneira tão detalhista que é incrível.Sei lá o quê dizer desse moço,rs.O engraçado do conteúdo que ele produz, é que retrata o amor de forma universal.Fala sobre o amor próprio, amor de mãe e filho, amor de irmão.Sabe?É um diferencial dos seus amiguinhos ali acima.


O Aguiar tem uma pegada mais pra música com suas poesias.Pra quem quiser conferir, na verdade, tem uma melodia dele lá no youtube chamado "Flor".Amo muito, mas não sei se gosto como escritor.É meio clichê demais sabe? rs

Em suma, gostei muito do livro.Você sabe fico meio boba com as palavras, histórias.É muito amor para um livro apenas.Que venham mais de livros assim, deles <3
Xoxo,

Carol


3 comentários:

Nessa disse...

Oie
Eu li este livro faz pouco e eu curti muito. É muito gostoso de se ler.

Beijinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Teca Machado disse...

Oi, Carol!
Eu não li esse ainda, mas li o livro do Matheus e amei.
Então tenho certeza que eu vou adorar esse!
Quero muito ler e vai ser em breve.
<3
Não sou muito de crônicas, mas sobre amor eu leiooooooo!

Beijoooos

www.casosacasoselivros.com

Rê Oliver disse...

Aii Carol, to apaixonada pelo livro e seus autores, só de ler a resenha meus olhos encheram de lágrimas. Sério. Amo tudo né! E esses contos assim de romance me deixa super ligada até o fim. Acabei de ler “ Lembranças de uma Noite” , você acredita que chorei kkkk não queria que terminasse nunca.
Quero o livro pra mim <3 <3
Amei a resenha.

Um grande beijo <3

www.chuvanojardim.com.br

Postar um comentário