outubro 13, 2016

(Parceria Nuccia Cicco) Resenha:Perdoe-me! Contos dramáticos

Resenha: Perdoe-me!Contos Dramáticos
Antologias Brasileiras
Organização: Rô Mierling
Páginas: 105


Este livro foi uma cortesia da autora parceira Nuccia de Cicco e reúne vários autores em um mesmo projeto.Qual o objetivo disso? Vemos, por exemplo, no conto de Andnelson, narrado em terceira pessoa o caso de uma moradora de rua.O simples fato de ocorrer essa situação, nos leva á pensar sobre as palavras que usamos para julgar o próximo.Antes de chamar qualquer um( ou uma) de vagabundo(a) precisamos saber o que aconteceu para aquela pessoa estar ali.Ninguém tem o direito de apontar o dedo na cara de NINGUÉM.


Em vários momentos me peguei pensando sobre o título do livro.Não são contos dramáticos, são textos REAIS.Cotidianos.Relacionamentos de pais e filhos, homem e mulher, drogas,vícios diversos e as várias facetas do amor.E ah claro, há também algumas questões bem complicadas envolvendo a família.


"- Você se diz o grande memorizador, mas se esqueceu que assumiu  um compromisso conjugal comigo - falei em um tom de voz contido. - Esqueceu de tudo o que vivemos!" Página 32


No conto "A memória falhou", by Giuliana Paixão, ( trecho acima), temos uma situação cotidiana.Um casamento onde um dos envolvidos está cansado da "mesmice" e resolve inovar.Traindo-a.Sem dúvida, é um caso ocorrente, mesmo que seja completamente errado.

A história da Nuccia( parceira truta,rs) se chama "Depois do janta"  e relata a história "comum" de uma família: uma mãe que se submete a apanhar do marido, envolvendo a filha que nãoi aguenta mais essa cena horrível.

"Sem dinheiro, não podia jogar, tudo o que conseguia era para sua cachaça.Porém, nem sentia mais aquela alegria de antes.Não tinha como esquecer que estraga sua vida ao se casar." Página 74


Podemos perceber a maldade no coração de seu marido neste trecho.Sempre bravo, enfurecido com qualquer coisa, a resolução para os problema era a agressão física na mulher, sem importar-se com o psicológico da sua filha ou da mulher.É um conto tenso e que te prende a atenção por parecer tão real.

Os contos, no geral, são histórias que representam os valores morais mais importantes.Fala sobre orgulho,vaidade,traição, entre outros.Há sempre uma mensagem no final de cada texto e este fato aproxima muito o leitor dos autores.
A capa é bonita e representa o sofrimento dos personagens: tristes, enfraquecidos.

Espero que tenham gostado da minha resenha.

Xoxo,
Carol

8 comentários:

Alana Marques disse...

Olá Carol

Não conhecia este livro, mas vez ou outra gosto de ler coisas do gêneros, crônicas, e certamente não negarei a oportunidade de lê-lo.
Parabéns pela resenha.

Beijos.
colecionadoresdelivross.blogspot.com.br

Tainan Barboza Generoso disse...

Gosto muito de contos, o fato de serem histórias reais me deixou mais curiosa ainda.

www.eucurtoliteratura.com

Letícia Olegario disse...

Ooi Carol, tudo bem ?
Eu não conhecia o livro, mas gosto do gênero de contos, e dramaticos ainda mais kkk
adorei o enredo e a resenha
beeijos
http://bellapagina.blogspot.com.br/

Indicar Livros disse...

oi tudo bem?

flor, estou tomando gosto por contos, esses me chamaram atenção.
adorei sua resenha, e esse título já trás vários questionamentos dentro
de nós. adorei

Taynara Mello |Indicar Livros
www.indicarlivros.com

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Carol!
Pelo título, talvez eu não leria, mas fiquei bem interessada depois que você falou mais um pouco sobre os contos.
Beijos
Balaio de Babados
Participe da promoção 5 Anos de Além da Contracapa
Participe do sorteio Halloween Literário

Nessa disse...

Oie
Eu adoro de livros de contos, e este tem um tema muito bom. Fiquei interessada e com vontade de ler. Adorei saber sua opinião sobre.

Beijinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Rê Oliver disse...

Nossa! Parece um livro incrível! Me deu muita vontade de ler. Sabe onde consigo obter o livro?
As historias são incríveis, tristes, mas é a realidade, né? Acho que é um choque pra muita gente, mas o objetivo deve ser esse mesmo, compartilhar esses momentos...
Muito boa resenha!
Um beijo <3

www.chuvanojardim.com.br

monique larentis disse...

Que impactante essa capa, e a história também, eu não conhecia.

www.vivendosentimentos.com.br

Postar um comentário