agosto 09, 2016

(Day Alone) Day Eight

Sobre as últimas semanas: sabe quando você está num tiroreio e não há muito o que fazer?Resta orar pela mal intenção do rapaz( ou moça) á frente da tragedia e esperarmos.Um milagre ou que nos leve logo.Tiros para lá, tiros para cá e você até sente suas pernas fraquejarem; mas não caem.A diferença é que em todas as cenas, meu coração resolve reagir como se a violência fosse apenas um modo de enfrentar qualquer problema.O medo é a palavra mais feia do mundo quando tem 365 dias para viver.


Pra quê me preocupar com o que fulano acha da minha roupa?Pra quê vou me preocupar com o fato de muitos daqueles que convivo nem se importam com meus sonhos?Pra quê?Isso vai trazer dor de cabeça, lágrimas.E algumas dessas lágrimas podem até parar nesse texto, mas não é como se eu fosse despencar de algum lugar.É só um desabafo,afinal.Eu chamo as pessoas para participarem da minha vida, e ás vezes isso parece errado.Mas sei que estou equivocada.Sei que a pretensão do dia que está á minha frente é tornar os segundos vividos mais especiais do que os de ontem.Sei disso.Não vou mais amargurar o coração com sentimentos sombrios.Não mais.Eu não me tornei uma pessoa fria, apenas um coração liberto de todo o sofrimento que pode vir.Á qualquer hora.

Posso chorar e até gritar, mas nunca desistir.NUNCA MAIS.Se quiser vir comigo?Ótimo, vou amar sua presença.Se não?Ok, fez sua escolha.Só quero que saiba, você aí, não vou parar mais minha vida e nem minha alegria apenas porque repugnam o que penso.Sou inteira sentimentos - isso compreendi.Sou completamente aberta.Os dias tem sido bonitos com meu caminhar e até meu respirar.Nada mais me prende.Que loucura.Eu me libertei.Tirei as algemas.E agora, consigo andar pela calçada como se nada pudesse me atingir.


Xoxo,


Carol

3 comentários:

renesmee disse...

Já me senti várias às vezes assim, parece que estamos perdida em meio a vários pensamentos sem saber pra onde vamos é horrível.

As vezes as pessoas entram na nossa vida é nem percebemos, e depois tudo vira aquela bola de neve gigante, é muito ruim. De um tempo pra cá eu ando pensando assim sobre a minha vida, algumas pessoas nos deixamos pra trás porque nos atrapalhávamos e algumas delas nos deixou também, acho nada mais justo de lutar pelo o que eu quero, não desistir das minhas metas. Adorei suas palavras.
Eleutheromania

Pedagoga Literária disse...

Eu me identifiquei demais com o seu texto, pois as últimas semanas, foram assim pra mim, esse tiroteio, estou cansada das pessoas interpretarem mal o que eu penso.
Adorei suas palavras e faço delas as minhas.
https://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/

Colecionadores de Livros disse...

Que texto lindo!!
é isso ai, não devemos ligar mesmo pra o que as pessoas pensam da gente. Cada um deve ser do jeito que tem vontade, como vc disse, cheia de sentimentos!

Colecionadores de Livros
Facebook

Postar um comentário