agosto 31, 2016

(Wishlist mensal) Agosto!

Quando Alice recebe, na mesma semana, a notícia de que seu ex vai se casar e de que a empresa onde trabalha contratou um consultor chamado David Nardi para avaliar e demitir parte do pessoal, ela tem certeza de que está vivendo um inferno astral. E tem razão. Tito, seu melhor amigo e superentendido de astrologia, jura que é um péssimo momento para ser de Libra, mas que as estrelas também estão lá para nos dizer os dias mais auspiciosos para a esfera profissional ou para encontrarmos nossa alma gêmea. 
Embora cética, Alice decide apostar nas dicas de seu guia astrológico, mas, estranhamente, a astrologia não a protege de encontros péssimos, decepções terríveis e algumas pequenas surpresas emocionantes. Por exemplo: por que David lhe parece cada vez mais interessante, se seus quadros astrológicos são a combinação para um desastre?







Não deixe ficar sério demais. Não deixe ele partir seu coração. E nunca, em hipótese alguma, saia com um músico.

Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento.
Então como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela.
Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor…

“Sarah Dessen é como música: tem o poder de criar memórias, fazer a gente rir, chorar e imaginar. Mal posso esperar por mais livros dela!”
Babi Dewet, autora das séries Sábado à Noite e Cidade da Música.




  Alasca, 1920: Um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando um do outro cada vez mais ele, no duro trabalho da fazenda, ela, se perdendo na solidão e no desespero. Em um dos raros momentos juntos durante a primeira nevasca da temporada, eles fazem uma criança de neve. Na manhã seguinte, ela simplesmente desaparece.

Jack e Mabel avistam uma menina loira correndo por entre as árvores, mas a criança não é comum. Ela caça com uma raposa-vermelha ao lado e, de alguma forma, consegue sobreviver sozinha no rigoroso inverno do Alasca.

Enquanto o casal se esforça para entendê-la uma criança que poderia ter saído das páginas de um conto de fadas , eles começam a amá-la como se ela fosse filha deles. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam ser, e o que aprendem sobre
essa misteriosa menina vai transformar a vida de todos eles.





 “De um momento para o outro, quando menos se espera, Eduardo, autor de mão cheia, tira o fôlego da gente. Um livro cheio de reviravoltas e com final surpreendente.” Thalita Rebouças.
Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é. Os dois amigos partem sozinhos para São Paulo e carregam consigo não somente as malas nas costas, mas também o peso de todos os problemas que achavam que estavam deixando para trás. Sem ter ideia do que estão enfrentando, Matheus e Beatriz descobrem mais sobre si mesmos, criam, quebram laços e encaram desafios que jamais pensaram que confrontariam enquanto contavam as moedas para realizar esse grande plano que iria mudar suas vidas para sempre.




agosto 30, 2016

(Parceria Nuccia de Cicco) Últimas novidades!

Olá, querido/a leitor/a!

Vem conferir o que rolou na primeira quinzena de AGOSTO lá no blog As 1001 Nuccias!

Eventos, parcerias, resenhas e contos dos nossos colaboradores, e muito mais!

Se você não deu sua passadinha lá para se inteirar da blogosfera literária... Não entre em pânico!

Cliquem aqui para conferir tudo!



Xoxo,

Carol


agosto 28, 2016

agosto 26, 2016

(Especial Bienal do Livro SP) Eu e meu boy!

Acho que essa notícia é daquele tipo que todo mundo sonha em dar né?Pelo menos, nos meus pensamentos mais distantes sempre sonhei com esse momento.O livro não é SÓ meu, e sim uma antologia com vários textos lindos e reflexivos, mas tenho certeza que a experiência( de novo) na participação de mais um projeto como este agrega muito no nosso conhecimento profissional e pessoal.O lançamento, como vocês podem ver na foto, é em Pinheiros, mas estará lá na Bienal( e ps: domingão, dia 28, eu e meu  namorido, estaremos lá,ahahah) durante toooodo o evento.Meu namorado( sim, olha) também publicou alguns textos na edição que resolvemos participar e sei lá, eu estou muito feliz com isso :)



Espero MESMO que vocês possam ir ao lançamento e na Bienal e,

Xoxo,

PS: VEJO VOCÊS LÁ <3

Carol

agosto 25, 2016

Chegoooooooooooooooooooooooooooou! #11

Oi galera, tudo bem?Espero que sim.Quem aqui vai aparecer lá na Bienal do Livro?Eu tenho uma notícia SUPPPPERR legal para vocês amanhã :) 

Mas voltando aqui,esses foram os livros que chegaram na semana passada da editora Arqueiro.Estou atrasada com esse post?Muito.Estou ligando para isso? Nop.A vida está louca e eu fico todo dia tentando me adaptar,rs.




Espero que tenham gostado dos livros tanto quanto eu e aguardem as próximas resenhas :)

Xoxo,

Carol

agosto 24, 2016

(Resenha) O Mensageiro, by Lois Lowry

Informações técnicas
LANÇAMENTO: 02/05/2016
TÍTULO ORIGINAL: MESSENGER
TRADUÇÃO: FABIANO MORAIS
NÚMERO DE PÁGINAS: 160


                                            Sinopse
Há seis anos, Matty chegou ao pacato Vilarejo. Sob os cuidados de Vidente, um cego que tem uma visão especial, ele amadureceu e se adaptou à nova vida. Agora, espera receber seu nome verdadeiro, que determinará seu valor ali, como ocorre com todos os habitantes.

Contudo, algo nefasto está se infiltrando no Vilarejo, e os moradores, antes orgulhosos de receber forasteiros, passam a exigir que as fronteiras sejam fechadas para se protegerem.

Por ser um hábil mensageiro, Matty é encarregado de avisar os outros povoados sobre o bloqueio. Sua missão também tem outro grande objetivo: buscar Kira, a filha de Vidente, antes que seja tarde demais. 

Ele é o único capaz de viajar pela Floresta, que já provocou algumas mortes. O problema é que ela também está se tornando um lugar perigoso para o garoto. Mas muitos dependem de Matty. Então, armado apenas de um poder recém-descoberto, ainda incompreensível e incontrolável, ele se arriscará a fazer o que talvez seja sua última viagem.


É o terceiro livro da série O doador de Memórias, e quando solicitei para Arqueiro não sabia( ou não li direito,sei lá,rs) que era uma continuação.São três livros, e embora, eu tenha ficado um pouco perdida, consegui entender a trama principal.
A história é narrada em 3ª pessoa e mostra claramente tudo:pensamentos dos personagens e situações.No primeiro momento, somos apresentados á Matty, ajudante de Vidente.

"A provocação é o que torna tão divertida a etapa anterior ao beijo - falou ele, e Matty corou. - Você poderia negociar um beijo - sugeriu Vidente,risonho. - O que daria em troca?Sua vara de pescar?" Página 6


Brincalhão e praticamente um pai para o garoto, descobrimos que Matty é apaixonado pela Jean, filha do Mentor.Como duas crianças em fase de desenvolvimento no quesito amor, esse é o único romance explícito e inocente na história.

Matty tem uma missão importante e vai á Floresta.Na noite em que está nesse lugar que praticamente todos daquele lugar tem um certo medo, Ramon diz que houve uma "lamentação" na noite anterior.Algo mais conhecido como morte.A Floresta é meio que um perigo para as pessoas, e o menino é o único capaz á entendê-la.Já por aqui( digo, no livro como um todo) podemos pensar na questão da política e seu jeito de comandar o mundo, juntamente com a questão ambiental que é muito forte.

Matty era o único que compreendia a natureza, por isso sua conexão com as árvores e todo o resto que o embeleza ressoava tão forte  em sua alma.
Forasteiros aparecem e são recebidos, porém há uma espécie de manifestação por parte de alguns personagens que contradizem com suas palavras "revolucionárias".
Conclusão? Preciso ler os dois anteriores,rs.

E claro, o Matty é um garoto que nos revela todas as questões envolvidas na trama e o autor conseguiu abordar tudo de uma maneira leve e consciente.O menino é destemido e está disposto á lutar pelo bem da humanidade.Isso é bonito!


Espero que tenham gostado da resenha :)

Xoxo,

Carol


                


agosto 23, 2016

(Novidades) Editora Charme

Quando Bianca, uma reservada comissária de bordo, vê pela primeira vez James Cavendish, um bilionário proprietário de hotéis, ela perde toda a compostura conquistada a duras penas ao longo da vida. Para uma garota que consegue facilmente manejar uma bandeja com taças de champanhe a trinta e cinco mil pés de altura sobre saltos de oito centímetros, ela se vê surpreendentemente de pernas bambas diante do homem enigmático.

A Bianca sempre imperturbável agora não consegue mais se desviar daqueles olhos azul-turquesa eletrizantes que apresentam um desafio e uma promessa irresistíveis. Ainda mais para ela, uma mulher acostumada a dizer “não” e a falar sério.

Bianca costuma lidar com supermodelos e estrelas de cinema em seu trabalho como comissária de bordo de primeira classe, mas James Cavendish coloca todos eles no chinelo quando o assunto é beleza. Se a aparência fosse o único aspecto irresistível nesse homem intimidante, Bianca até poderia ter ignorado as atenções recebidas. Porém, o que a tenta como nunca antes é a força dominante que a atrai desde o momento em que eles se encontram e a promessa de prazer e dor que ela lê em seus olhos.

Loja Charme: http://loja.editoracharme.com.br/


Oi, pessoal!

Tudo bem?

Tenho uma ótima notícia para vocês: já está em pré-venda o tão aguardado In Flight, primeiro livro da série Nas alturas, de R.K. Lilley. (Todos gritaaaam!)

O livro será lançado oficialmente no dia 29 de setembro e já está disponível em nossa loja. Falta pouco para termos o Sr. Cavendish em nossa estante. 😉

E não para por aí...

Quem comprar o livro durante a pré-venda concorrerá a um Kindle! \o/

Na verdade, serão três ganhadores: o primeiro leva pra casa o Kindle e os outros dois, uma almofada linda do livro.

Coooorreee!

Mas a promoção só é válida para compras em nossa loja, até o dia 29 de setembro, ok?

Assim que a pré-venda for liberada nas outras lojas, vamos avisar na nossa página. 

agosto 22, 2016

(Projeto Blogueiras em Ação) Projeto Cartas!

Tema: Carta aos diretores de cinema

Olá Diretores do cinema, estão bem?Este é um comunicado geral aos caras que ajeitam suas gravatas todas as manhãs para trabalhar.Sei que comandam os diversos trabalhos( afinal, sem uma equipe, não há trabalho merecedor), mas posso pedir uma coisa? Pelo amor de Deus, continuem fazendo mais filmes que cheguem perto de nossas vidas.Não curto o HP, e apesar de idolatrar quem segue a vida da escritora dessa saga interminável, também acho importante estarmos com os pés no chão.E acho que muitas pessoas, meio sozinhas e sem amigos, acabam sendo influenciados(as) por essas histórias.Por isso, só peço, com toda a gentileza do mundo que nos mostrem a vida por trás dos bastidores.Sei que necessitam do dinheiro e isso requer uma certa habilidade em fazer com que a história seja atrativo para o público.Mas pelo menos uma vez, pensem no nosso estado mental e não apenas no financeiro ok?

Muito obrigada pela atenção e até algum dia!

Xoxo,

Carol.

agosto 19, 2016

(Youtube) Projeto Mês Autores!

Oi pessoas, como estão?Espero que bem.Estou convidando á todos(as) para este projeto literário meio maluco,rs.

Espero que tenham gostado da ideia.










Xoxo,

Carol

(Parceria Nuccia Cicco) Últimas novidades!

Olá, querido/a leitor/a!

Quem acompanhou o blog As 1001 Nuccias durante o mês de JULHO, sabe que foram muitas postagens bombásticas!

Se você não deu sua passadinha lá para se inteirar da blogosfera literária... Não entre em pânico!

Querem conferir as últimas novidades? É só clicar aqui e ir direto para as postagens mais acessadas!


Xoxo,

Carol

agosto 18, 2016

(Poesias Minhas) Balões coloridos!

Hello people, tudo bem?Espero que sim.Trouxe um post descontraído hoje.Gostei muito dessa poesia que escrevi há pouco tempo e gostaria de compartilhar com vocês.Espero que gostem :)


Balões coloridos,
Carregam a essência
De amores doloridos,
Que não aguentaram a prisão
E preferiram ser esquecidos,
Embalados por um passado 
Completamente enferrujado,
Quase despercebidos pelos pássaros.

Distraídos, quase furam sua bolha
Ao redor - sua rede de proteção;
 A  que comprou para seu coração,
Para não sair de sua mão.
Não tirar os pés do chão.

Já pegou um balão para brincar?
Na inocência de amar,
Nem se deu conta da falência das palavras,
Da riqueza que encontra-se no seu olhar,
Em meio á poesias esquecidas,
Esqueceu de terminar.
O que começou,
Há alguns cupidos atrás.

Já estourou um balão?
A dor de perder as cores
É quase como viver sem amor;
Que ceguismo medíocre.
Quase fiquei míope.

Sentada num banco,
Observei a enfermeira de branco,
Ela tinha um objeto entre as mãos,
E um sorriso de decepção;
Talvez uma coleção de almas perdidas.
Talvez uma porção de momentos alternados.
Entre o tudo ou nada.
Respiro fundo.
A visão que tenho  é tenebrosa,
Uma cobra venenosa.

Balões coloridos,
São destruídos,
Por cupidos quebrados,
Encurralados em situações prévias
De um amor acabado.
Detonado.


Xoxo,


Carol

agosto 17, 2016

(Resenha) As coisas mais legais do mundo, by Karol Pinheiro

Informações técnicas
Gênero: Autoajuda e Reflexão
Subgênero: Desenvolvimento Pessoal
Autor: Karol Pinheiro
Editora: VERUS - GRUPO RECORD
Páginas: 139


                      Sinopse
Do blog para as suas mãos: 100 textos inéditos e cheios de inspiração sobre amores, desamores e mais, muito mais! Ela prefere os dias nublados. Gosta de ficar sozinha, mas tem amigos da vida inteira. No trânsito, tem mania de olhar para os carros parados ao lado e imaginar o que as pessoas estão pensando. Curte cada minuto da casa nova (onde mora sozinha!) e se pergunta onde foi que as pessoas esconderam os sentimentos escancarados. Em seu primeiro livro, Karol Pinheiro convida você a olhar o mundo pelos olhos dela. De um jeito doce que às vezes pode ser bem ácido, a blogueira fala de amor, beleza, desejos, mentiras, frustrações, família, manias, cachorrinhos de estimação, sobremesas e avós de cabelos branquinhos. Fala de sentimentos, mas também fala de coisas. Afinal, a vida da gente não é feita só de poesia. Com leveza e inteligência, Karol compartilha com você as suas impressões sobre ser, ter e sentir. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!


Eu acompanho o trabalho da Karol Pinheiro há um tempinho e por isso fiquei tão ansiosa quando este livro saiu.Mesmo com medo por causa dessa palhaçada de youtubers que só querem dinheiro e não escrever pela arte em si, resolvi comprar pelo amazon e me apaixonei completamente.É um livro interativo, mas ao mesmo tempo que nos faz pensar em várias coisas da nossa vida.
Como boa jornalista, o desejo da Karol era que o livro fosse NOSSO: por isso o espaço em branco para responder algumas questões feitas nas páginas.


O interessante de tudo isso é que o livro nos leva á conhecer melhos nossos defeitos,qualidades,frustações e medos.Não é focado apenas em um determinado tema, e sim, em todas as áreas da nossa vida.E como disse anteriormente, as nossas respostas faz com que reflitamos sobre as atitudes e como levamos a vida.Então, tem um texto pequeno dela que introduz a página e embaixo, um espaço para respondermos as perguntinhas.





E ah, além da diagramação maravilhosa e completamente diferente, tem algumas frases lindas que dá pra recortar do livro e emoldurar.Logo mais, farei isso na minha parede,rs.
Não tenho muito o que falar do livro, porque é pequeno, mas eu tenho certeza que vocês iriam gostar :)

Espero que tenham apreciado minha "mini-resenha".

Xoxo,


Carol

agosto 16, 2016

3 dicas para séries que deveriam virar livros!

1)Gilmore Girls
É a minha série favorita do mundo.Recentemente, as oito temporadas foram liberadas lá no netflix e eu estou completamente alucinada,rs.A história é basicamente assim: o cotidiano de uma mãe solteira e sua filha.Mas fora isso, a Rory Gilmore( filha de Lorelai) tem citações muito boas de livros, e Lorelai tem citações legais de filmes e música.Fora as cenas engraçadas da série.Fico pensando como deveria ser o livro, e sei lá, eu ia devorar todos em menos de uma semana.


2)Friends
Quem nunca assistiu Friends na vida?Fala sério.Lá no netflix tem também as temporadas completas, mas eu ainda não assisti.Lembro de amar os episódios, porque todos os personagens são engraçados e legais.Fala sobre o cotidiano de cada um e como a amizade deles é mais forte que tudo! 


3) Barrados No Baile( versão antiga)
Altas tretas nessa série,hm?Também tem lá no netflix, e eu até gostei da versão nova que fizeram, mas nada melhor que as brigas de antigamente.Fala sobre o cotidiano dos personagens e isso faz com que nos sintamos mais perto.
Acho que de uma forma geral, todas essas séries não fogem do nosso comum, por isso seria tão legal tê-los em livros.E aí, apoiam minha decisão?Quais mais séries vocês acham que deveriam virar livro?

Xoxo,


Carol

agosto 15, 2016

(Resenha) Três coisas sobre você, by Julie Buxbaum

Informações técnicas
LANÇAMENTO: 01/06/2016
TÍTULO ORIGINAL: TELL ME THREE THINGS
TRADUÇÃO: IVANIR ALVES CALADO
NÚMERO DE PÁGINAS: 288
Editora: Arqueiro

                                                Sinopse
Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante...

Jessie tem a sua vida virada de cabeça para baixo.Narrada em primeira pessoa, Julia nos apresenta  a vida dessa adolescente que acaba de se mudar de sua cidade e ingressa numa nova escola.Perdida, não sabe o que fazer com as mensagens anônimas que recebe de um menino desconhecido.Com a escrita leve e engraçada, a autora nos faz mergulhar nesse suspense/romance.


"Existe história melhor do que a da garota que descobre que o seu verdadeiro amor morava o tempo na casa ao lado?Claro, o meu vizinho viria a ser mais como um zumbi com saliva misturada com refrigerante,mas tudo bem.Vivendo e aprendendo." Página 14



Jessie tem uma vida nova: amigos populares que se preocupam com coisas mesquinhas, e uma família distante de tudo que já viveu.O meio-irmão Theo é estranho, o pai está relacionando-se com uma mulher que Jessia jamais chama de mãe, e todos os sentimentos loucos e desprovidos de alegria são confusos e faz com que a cabeça da menina gire.
No meio da confusão, seu admirador secreto é tipo seu melhor amigo que avisa sobre todas as pessoas legais e mais intocáveis daquele lugar.O diálogo deles é incrível, e sempre faz com que nos relacionamos com suas vidas.E a partir desse começo de amizade, tudo se transforma e se completa.

Gosto muito de livros adolescentes porque sempre mostra a transformação dos personagens.Claro que isso acontece em qualquer enredo, mas então, conseguimos perceber que qualquer escolha nossa na adolescência intefere para o resto de nossas vidas.


Espero que tenham gostado.

Xoxo,

Carol





agosto 13, 2016

(Youtube) Tag: Como eu leio!

Oi galera, beleza?Estou aqui hoje com mais um vídeoooooo com uma tag super cool :) 
Sintam-se tagueados,rs.






Xoxo,

Carol.



agosto 12, 2016

(Parceria Nuccia Cicco) Bienal do Livro/SP

 Oi galerinha, beleza?Ai, quem gostaria de participar da Bienal do Livro em São Paulo todos os dias?Porque sério, TODO SANTO DIA VAI TER UM AUTOR/AUTORA INCRÍVEL.E sabem de quem estou falando agora? Da nossa autora parceira Nuccia Cicco.

Nuccia De Cicco na Bienal do Livro SP
Onde? Estande M-69 (a convite da Editora Illuminare) 

Quando? 31 de agosto
Sessão de autógrafos
Horário 1:18 às 19hs – Pérolas da minha surdez
R$ 30,00 – kit com livro, marcadores, botton e chaveiro de mini-livro para os 30 primeiros.
Pagamento em espécie – para comprar com cartão, via PagSeguro, use o link abaixo e faça sua reserva!

Horário2:20 às 22hs – Antologia Ardente e Caliente(edição bilíngue: português e espanhol), com conto “Noite Insólita”
Venda: R$ 30,00 – livro + marcadores + brindes da editora
Pagamento em espécie – para comprar com cartão, via PagSeguro, use o link abaixo e faça sua reserva!

Dados do conto
Gênero: erótico
Sinopse:Eles se conheciam há quase um ano apenas via ‘chat’ de uma rede social. Com o tempo, a conversa se aprofundou e o desejo cresceu. E então, ele teve de ir à cidade dela para um evento. Um conto cheio de sensualidade, “Noite Insólita” mostra como a tentação vence o receio e abre as portas à uma paixão.Mas será que uma única noite seria suficiente para consolidá-la?




Quotes:
1:“Enquanto se afastava, com as duas mãos tirou as chamas vermelhas que eram seus cabelos, soltos ao redor do pescoço, deu uma leve torcida e tentou aninha-los sobre o ombro esquerdo. Foi um gesto comum, cheio de simplicidade, porém deixou-o fascinado e expôs uma tatuagem logo atrás da orelha direita. Ele decidiu que seria bem ali o primeiro lugar onde sua língua a tocaria.”

2:
“– Ainda temos o coquetel. Quer alguma coisa? (...)
− Quero várias coisas, mas você não pode me dar nenhuma delas aqui.”
3:“Em um rompante, empurrou-a de forma brusca até que as costas dela estivessem totalmente coladas à parede em frente à cama. Agarrou-a pelos pulsos, prendendo-os sobre sua cabeça, também colados na parede. Beijou-a como nunca antes, sem um pingo de romantismo, cheio de luxúria. A reação foi imediata: sentiu o quadril dela se projetar em sua direção, ao mesmo tempo em que sua língua correspondia aos beijos.”


Apesar de as sessões de autógrafo serão exclusivamente no dia 31/08, estarei na Bienal até sábado, então quem quiser falar comigo ou comprar o livro ou as 2 coisas, basta me contatar pelo instagram (eu não uso o facebook no celular).

E aí, vão chorar junto comigo ou vão lá tirar várias foteeenhas para me fazer inveja? HAHAHA

Xoxo,

Carol.


agosto 11, 2016

(Novidades Literárias) Editora DarkSide

EVANGELHO DE SANGUE é o sombrio, sangrento e brutal épico do terror, narrado pelo mestre inquestionável
do gênero, e ansiosamente aguardado pelos fãs. 


Querem mais informações?É só clicar aqui.














Xoxo,

Carol

agosto 10, 2016

(Cheiro de Sonho) Capítulo 1 - Roxas,azuis,encarnadas.

Flores envenenadas na jarra. Roxas azuis, encarnadas, atapetam o ar. Que riqueza de hospital. Nunca vi mais belas e mais perigosas. É assim então o teu segredo. Teu segredo é tão parecido contigo que nada me revela além do que já sei. E sei tão pouco como se o teu enigma fosse eu. Assim como tu és o meu. Clarice Lispector.

O professor Delgado levantou seus óculos quadrados para endireitá-los no nariz e abriu seu sorriso colgate (leia-se: dente amarelado de cigarro vagabundo), soltando sua voz esbaforida:
— Ok, vamos lá, vou escolher. Senhora Amácia, venha cá, por favor. — O professor com bigode pequeno e um olhar sério chamou para que eu participasse de alguma coisa. Com os olhos atentos e os braços cruzados, levantei cuidadosamente da cadeira que estava rangendo (escola pública que existe há 100 anos é um pouco precária) e pisei com firmeza no chão de madeira, desfilando com meu novo all star e o cabelo despenteado desde o dia anterior. E sorri, levemente.

— Oi — forcei um cumprimento tímido, colocando as mãos na frente da minha saia de “piriguete”, como disse o Victor, um dos meninos mais cobiçados pelas garotas assanhadas da sala, mas que ninguém sabia da sua grande queda por mim (acho que nem ele, às vezes). Os olhares tensos voltados para nós, diziam a mesma coisa que eu: ”Isso me cheira a encrenca”. 

— Então, meus caros alunos. O nosso curso de inglês “Vamos lá, Nova York” lançou uma promoção ou sei lá de que diabos eles chamam isso. — O professor de morfossintaxe de língua inglesa gostava de ser completamente aberto nas nossas conversas importantes. Usava palavrões, gerúndios e palavras novatas. Era um meio de se comunicar conosco diretamente. — É um intercâmbio. Vocês passam um ano em Nova York, conhecem o país, as pessoas, uma família de três pessoas irá acolher vocês e ainda vão praticar o inglês que aprenderam aqui. De qualquer forma, já que é um intercâmbio, precisarão de um curso lá para conseguir se manter, ou seja, reforçar ainda mais o inglês aprendido aqui. – Minhas bochechas ficaram vermelhas. Ele estava brincando? Ir para Nova York? Era tudo o que eu mais queria nesta vida, além de morar ao lado de plantas. Ok, essa parte eu conto daqui a pouco.


                               


agosto 09, 2016

(Day Alone) Day Eight

Sobre as últimas semanas: sabe quando você está num tiroreio e não há muito o que fazer?Resta orar pela mal intenção do rapaz( ou moça) á frente da tragedia e esperarmos.Um milagre ou que nos leve logo.Tiros para lá, tiros para cá e você até sente suas pernas fraquejarem; mas não caem.A diferença é que em todas as cenas, meu coração resolve reagir como se a violência fosse apenas um modo de enfrentar qualquer problema.O medo é a palavra mais feia do mundo quando tem 365 dias para viver.


Pra quê me preocupar com o que fulano acha da minha roupa?Pra quê vou me preocupar com o fato de muitos daqueles que convivo nem se importam com meus sonhos?Pra quê?Isso vai trazer dor de cabeça, lágrimas.E algumas dessas lágrimas podem até parar nesse texto, mas não é como se eu fosse despencar de algum lugar.É só um desabafo,afinal.Eu chamo as pessoas para participarem da minha vida, e ás vezes isso parece errado.Mas sei que estou equivocada.Sei que a pretensão do dia que está á minha frente é tornar os segundos vividos mais especiais do que os de ontem.Sei disso.Não vou mais amargurar o coração com sentimentos sombrios.Não mais.Eu não me tornei uma pessoa fria, apenas um coração liberto de todo o sofrimento que pode vir.Á qualquer hora.

Posso chorar e até gritar, mas nunca desistir.NUNCA MAIS.Se quiser vir comigo?Ótimo, vou amar sua presença.Se não?Ok, fez sua escolha.Só quero que saiba, você aí, não vou parar mais minha vida e nem minha alegria apenas porque repugnam o que penso.Sou inteira sentimentos - isso compreendi.Sou completamente aberta.Os dias tem sido bonitos com meu caminhar e até meu respirar.Nada mais me prende.Que loucura.Eu me libertei.Tirei as algemas.E agora, consigo andar pela calçada como se nada pudesse me atingir.


Xoxo,


Carol

agosto 08, 2016

(Bookstart) Muito mais de Mim, por Roberta B.Ribeiro

Oi galera, belezinha? Hoje vim aqui falar sobre dois projetos que estou apoiando MUITO.Um que tem a ver com poesia( e nem me perguntem porque escolhi esse né,rs), e o outro com sangue e mistério.Bora conferir a sinopse do projeto de poesia?

Emoções reais traduzidas em Poesia.


Uma vez me perguntaram de onde veio meu interesse pela escrita. Bom, na verdade eu não sei exatamente, acho que nasci com ele (rs). Eu me lembro de escrever em diários sobre o que sentia, e me corresponder com meus namorados por cartas (tenho muitas delas ainda guardadas). Escrever me parecia mais fácil, era possível traduzir aqueles sentimentos que pareciam ficar engasgados como nós na garganta, e que desciam até o estômago como borbulhas. Foi aí que comecei a tentar encontrar uma forma de traduzir esses sentimentos, procurando por palavras que eram capazes de apresentar a Dor e o Amor com um toque de sensatez e realidade.

Certo dia, ao observar o homem sentado ao meu lado no metrô, ou a senhorinha que vendia pipoca na porta da Faculdade, ou o adolescente que andava com o fone de ouvido no último volume, ou a mulher que passava apressada no salto 8 para a reunião da tarde, percebi que os meus sentimentos também eram de outros e a única forma de ajudá-los era escrevendo sobre eles. Nada do que me propunha a escrever era lúdico ou fantasioso e sim real. Todas as palavras eram baseadas nos sentimentos do mundo (assim como Carlos Drummond de Andrade em seu livro). Eram histórias reais, minhas, das minhas amigas e amigos, da minha família, eu apenas estava desenhando em poesia o que muitos não conseguiam falar, apenas sentir.

Gostou? É só apoiar e acompanhar essa loucura neste link aqui.

Xoxo,

Carol.

agosto 07, 2016

(Novidades) Editora DarkSide

Danny Orchard conseguiu enganar a morte e ganhou uma segunda chance para viver. Só que ele não voltou do inferno sozinho.







Para mais informações é só clicar aqui.


Xoxo,

Carol.