maio 01, 2016

(Edição Comportamento) O cara errado!

O tema de hoje é atual.Ok, quem nunca teve aquele cara( ou garota) que sabia logo no primeiro beijo que a relação de vocês ia pifar?A vida te dá TODOS os sinais, mas você simplesmente ignora.Talvez eu tenha criado alguns tópicos para falar sobre isso e fazer entender que ok, também já passei por isso.

1)Ele nem te olha!
Sabe aquele cara( ou aquela mina,rs) que nem te dá atenção?Você fala uma coisa e a pessoa está olhando para o outro lado? E agimos como se "tudo bem, ele só tem muita coisa para fazer", mas na verdade é que..ELE NÃO ESTÁ AFIM DE VOCÊ.OU ELA,rs.


2)Ele nunca tem tempo!
O cara errado sempre tem alguma coisa marcada para o dia seguinte e claro, você,nunca está incluso(a).Ele vai fazer você acreditar que é um menino ocupado e tem muitos deveres em sua vida.E você aceita esse fato na boa.


3) Conforto
A minha maior teoria desse tema é que ficar ou beijar o cara errado traz um certo conforto para nossos corações adolescentes.Sabemos exatamente o que vai acontecer: vamos nos apaixonar, escrever poesias,inventar diálogos impossíveis e quebrar a cara no final de tudo isso.Não é ilusão e muito menos vítima de um coração partido.Na verdade, um relacionamento assim é bem fácil.Tornar-se confortável o fato de que sabemos como vai terminar e até gostamos dessa espécie de masoquismo, pois sabemos de todas aquelas características: ele é galinha,sedutor e xavecador.E esse é o pior ponto de todos.O barco começa a afundar.


4) O cara certo
Você já está acostumada com o sofrimento e até sabe lidar com isso, mas quando encontra o cara certo simplesmente se perde no meio da relação.Ele te liga( mas nem sempre), ele te chama de amor( e outros apelidos fofos), te leva para jantar num restaurante caro e ainda se apresenta para os seus pais.Pouco a pouco, vocês vão mantendo uma relação DE VERDADE.E quando começa: ele não consegue te ligar porque está na faculdade, ou porque está cheio de problemas ou ainda te levar para jantar porque está sem dinheiro, você(amigo ou amiga) começa a querer colocar esse cara( que não tem NADA a ver com seu passado) no meio daqueles homens errados que surgiram vez ou outra.Então, é nesse ponto que todo mundo alcança a tal da maturidade e começa a enxergar o amor(real) de outra maneira.E é assim que construímos uma relação sólida e confortável.Nada de mimimi, e sim de muitos beijos,abraços e conversas sobre a vida.Mas o que tem a ver isso?É que como não estamos adaptados á encontrar uma relação que dure mais do que seus "casos", queremos excluir a pessoa da nossa vida quando algo não acontece como planejamos.O medo vem e o conforto vai lá pro beleléu.Acredito, no final de tudo, que arriscar é o que vale mais a pena nessa vida, certo?
Xoxo,
Carol

12 comentários:

Vida de Leitor disse...

Oi Carol, adorei!Realmente, estamos tão acostumados com caras errados que quando encontramos o certo, achamos que ele é errado também. Temos sempre que insistir no relacionamento e não podemos desistir sem lutar pra que tudo dê certo <3

Beijos,
Natália

www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com

Vanessa Ferreira disse...

Olá Carol,
amei esse post.
Temos que passar por diversas situações para aprender quem é realmente o cara certo. Mas, temos que ter em mente sempre que a pessoa que vai nos fazer feliz realmente, somos nós mesmas. E, independente de estarmos com o cara certo ou errado é sermos felizes. Lógico que não estou querendo que as pessoas encontrem o cara errado, mas é inevitável. isso acontece pelo menos uma vez na vida. Basta saber se vamos perceber isso no início ou se vamos enxergar depois que o nosso coração já tiver algum sentimento por ele.
Beijos.

www.meumundosecreto.com.br

Isa Sá disse...

Será que existe a pessoa certa?


Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Minhas Impressões disse...

Olá, Carol
É um texto bem reflexivo. Me fez pensar nos relacionamentos que ja entrei e pude identificar alguns tópicos que estiverem presentes, infelizmente.
Abraços.

Minhas Impressões

Jessica Andrade disse...

Oi Carol,
Nossa que texto maravilhoso.
A gente tem correr atrás de quem quer a gente por perto.
Uma hora o cara certo aparece, é só esperar :)
Bjs
http://diarioelivros.blogspot.com.br

Angela Silva disse...

Ótimo texto, as vezes a gente tá tão apaixonada que nem nota estas coisas :*

http://a-cacheada.blogspot.com.br/

Hellz. disse...

Verdade, viu. Quantas vezes jaá acreditei nesse lance de pessoa ocupada e deixei o outro livre e solto quando na verdade queriam era se livrar de mim? HAHAHAH

já fui tão enganada que hoje tá difícil acreditar em alguem :(

beijo
beinghellz.blogspot.com

Natalia Biazzi disse...

Amei o post, Carol! No início do meu namoro eu fiz isso do último tópico, como já tinha sofrido na mão de caras errados e já tava com um trauminha comecei a achar que ele também era o cara errado por pura confusão da minha mente.
Beijos
www.infinitafeminice.com.br

Jovem Jornalista disse...

Muito legal o post! Boa semana.

http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

Samara Corrêa disse...

Adorei o texto, realmente temos muita dúvida sobre "o cara certo" mas isso com o tempo, dedicação e carinho da parte dele, já ajuda muito né? Estou seguindo, adorei!
Beijãoo ♥

sorrisosnooutono.blogspot.com.br

Gislaine Oliveira disse...

Oiii Carol, tudo bem????
Adorei a postagem :) E é bem verdade tudo isso mesmo.
A gente acaba se ferrando tanto, que quando estamos sendo amados, achamos que algo está errado. Porque as vezes, se ferrar parece o certo. E as vezes a gente acha que não merece ser feliz :P
Mas não podemos jamais, deixar a nossa felicidade na mão de outra pessoa. A felicidade é a gente que deve construir e se responsabilizar por ela :)
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Le Sobrinho disse...

Oi, Ca!
Falou certo, o negócio é arriscar. Olhando pra trás eu percebo que os relacionamentos que não deram certo pra mim valeram como experiência e fico feliz por ter arriscado.
Beijos!

Postar um comentário