maio 28, 2016

(Desabafo) Sem valor?

Nota:Escutar Scars to Your Beautiful - Alessia Cara

Eu não entendo.
Escutei isso durante a vida inteira( e olha que só tenho 23 anos de idade).Eu subestimei os próprios conhecimentos espirituais, pela opinião alheia.Ok, aqui falo das pessoas que amo e rodeiam todos os meus dias,mas..sério?Eu não quero passar por isso.Se eu fechar os olhos, posso contar as vezes em que tentei passar uma maquiagem básica.Gosto do lápis preto porque não mostra as olheiras do choro da noite passada ou então do cansaço eterno.Eu gosto de um batom clarinho porque nunca gostei de chamar atenção.Preciso mesmo provar ao mundo que estou aqui?Sempre tive na mente que necessito da provação interna( e ultimamente, nem isso tem dado certo).Então, o que há de errado comigo?


Esses dias fixei minha alma no espelho e dei um meio sorriso.Amo meu cabelo liso; quando acorda de "bom humor" tem uma textura ótima e fico bonita.Eu me sinto bonita.Sem pintura nenhuma.Sem nenhuma máscara para esconder meus condicionamentos  ruins da alma estragada."Ele não vai gostar de você desse jeito".E blábláblá.Eu discordo totalmente.Ele me ama no preto e branco.Ele me ama na bagunça.Ele me ama naquela preguiça de domingo.Ele me ama nas piores crises.O amor é mais do que maquiagem e beleza externa.O amor é ESSÊNCIA.E não é só amor entre homem e mulher.É amor próprio.

Antes de colocar aquele tutorial sobre iniciantes na maquiagem, corre para o banheiro e fica( pelo menos) uma hora encarando sua tristeza sem motivo algum.Respire fundo, dê um meio sorriso para elevar a auto-estima e então conclua: você precisa encontrar os defeitos que acobertou na alma.Precisa melhorar.Precisa parar de ser tão insegura.Precisa parar de escutar os outros e simplesmente seguir em frente.A beleza interna é tão maravilhosa.Entendeu?

Sim sim.Agora ficou mais claro.Não vestir a última moda.Não passar aquele batom super caro.Não te faz uma zé-ninguém.Faz com que saibamos o seu próprio valor.Bora garota.Empina o coração e continue andando.Amo o seu jeito destrambelhada.







Xoxo,


Carol.

13 comentários:

Leticia Westin disse...

Amei demais o texto, realmente tudo é verdade.
Beijos.❤
http://www.amordeluaazul.com.br/

Aline disse...

Carol, que texto bacana!
Somos muito mais importantes do que as marcas que vestimos ou com as quais nos pintamos.

Um beijo!
Aline,
Inventando Assunto

Aline disse...

Carol, que texto bacana!
Somos muito mais importantes do que as marcas que vestimos ou com as quais nos pintamos.

Um beijo!
Aline,
Inventando Assunto

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Carol!
Amo os seus textos. Sempre é um tapa para alguns acontecimentos da nossa sociedade.
Beijos
Balaio de Babados

Gislaine Oliveira disse...

Oi carol, tudo bem?
Adorei o tema abordado no texto. Realmente, amor próprio é fundamental. E as pessoas que nos amam, nos amam do nosso jeito. Com o cabelo despenteado ou penteado, com ou sem maquiagem. A gente é que precisa encontrar o que nós amamos e nos faz bem. E aí, estaremos cercados de pessoas que nos amam assim ;)
Beijooos
https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Jessica Andrade disse...

Oi Carol,
Adorei o texto, precisamos nós amar primeiramente para amar as outras pessoas.
Bjs e um bom Domingo!
Diário dos Livros
Siga o Twitter

Alana Marques disse...

Oi Carol
Que texto lindo, denso e verdadeiro.
Concordo com você em tudo!
Continue escrevendo, por favor.

Beijos.

colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

Maria Eduarda disse...

Oi, tudo bem? Adorei o seu texto! Realmente, você escreve muito bem (um dom que parece simples, mas poucos o possuem). O amor a si próprio é algo que vem sendo dizimado pela mídia. Ela impõe que devemos nos preocupar em sermos perfeitos por fora, para agradar a todos, mesmo que isso não nos agrade e nem faça parte do seu verdadeiro eu. Continue a escrever! Adoro seus textos!

P.S.: Te indiquei para uma TAG. Quando puder, dê uma passada lá:
http://fugadarotinaliteraria.blogspot.com.br/2016/05/tag-dias-da-semana-em-livros.html#more

Vida de Leitor disse...

Oi Carol, amei o texto. Lindo, puro e verdadeiro <3

Beijos,
Natália.

www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

Larissa Dutra disse...

Oi, tudo bem? Muito bom seu texto, você escreve muito bem! Lindo e puro!

Beijos,
Duas Livreiras

Jorge Filho disse...

Oi meu bem!

Emipina o coração e continua andando... Isso foi lindo. Pessoas que compreendem a si mesmas são mais felizes, mais capazes, mais focadas, mais amadas. Aceitar Até os proprios "defeitos" e ter corragem pra evita-los e reconhece-los quando vierem.

E sim eu te amo assim, por que sol alguma põe maquiagem quando nasce!!

XOXO

Jorge Filho disse...

Oi meu bem!

Emipina o coração e continua andando... Isso foi lindo. Pessoas que compreendem a si mesmas são mais felizes, mais capazes, mais focadas, mais amadas. Aceitar Até os proprios "defeitos" e ter corragem pra evita-los e reconhece-los quando vierem.

E sim eu te amo assim, por que sol alguma põe maquiagem quando nasce!!

XOXO

Ariane Reis. disse...

Oie Carol =)

No meu antigo trabalho eu vivia acompanho essas blogueiras de moda, para saber a novidades e tudo mais. Eu mesma nunca fui ligada nessas coisas, faço o estilo jeans, camiseta e all star e uso nada ou pouca maquiagem. Porém várias vezes me peguei pensando na imagem que essas blogueira passam, principalmente em um país que para comprar produtos nacionais de beleza já anda dificil. Ficava pensando na frustração dessas meninas em não poder ter um batom da M.A.C ou uma base Lancôme. Por que por mais que a gente diga que o importante é o exterior, tem muita gente que não consegue ver a beleza em si mesmo.

Belo texto! Lindo e cai como uma luva para muitas pessoas que conheço.

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary

Postar um comentário