maio 21, 2016

(Andando por aí) Day six

         Eu deixei as portas abertas,


Para o sol entrar e tomar um café comigo.Conversar sobre os acasos e até os sofrimentos.E a filosofia adentrou meus pensamentos de forma ofensiva e indireta.Parei e respirei fundo.A vida é uma bagunça, não é mesmo?Talvez eu esteja passando pelo meu pior momento.As peças estão espalhadas pela casa, e nem faço ideia de como formar a imagem que está na caixa do quebra-cabeça, mas eu só fiquei divagando.

Eu disse "sim" para o emprego que estou atualmente, e isso me deu a liberdade de crescer pessoalmente e profissionalmente.Eu disse "sim" para a primeira faculdade que fiz na vida, e decidi que farei mais uma.Eu disse "sim" para o meu melhor amigo quando ele me pediu em namoro, e não me arrependo do tempo que esperamos para ficarmos juntos.Eu disse "eu não quero mais" quando a editora pediu renovação do meu livro publicado.Eu disse "sim" quando decidi colocar esse mesmo livro lá no wattpad e me surpreendi com a reação das pessoas.Eu disse "sim" quando vi que o blog está começando a crescer.Eu disse "sim" quando resolvi recitar poesias minhas para cem pessoas num lugar completamente estranho.Eu disse "sim" quando vi que a Gabrielle Aplin faria um show em São Paulo( escrevo esse texto antes do show, e estou morrendo de ansiedade,rs).Eu disse "sim" para a Arqueiro quando falou que era a mais nova parceira do blog.Eu disse "sim" quando resolvi sonhar com Nova York e colocar fotos no computador e pela parede do meu quarto para não esquecer isso.Eu disse "sim" quando opinaram sobre minhas poesias: parecem músicas, e prometo que vou aprender a tocar violão e criar melodias incríveis.Eu disse "sim" para tantas coisas, tantas oportunidades, apesar de todo o sofrimento diário.Apesar de todas as traições,mentiras e momentos sombrios que tenho passado.Mas sabe a melhor resposta?Eu disse "sim" para a vida.


Eu me cobro demais.Acho que preciso viajar mais.Aprender mais.Falar mais.Escrever mais.Muito mais.Eu quero mais.Mas eu também quero um espaço para meus sentimentos.Aquele lugar que todos correm quando a coisa fica preta.Mas eu quero.E sabe de uma coisa?Mesmo se eu tiver medo, mesmo se eu errar cada passo até chegar ao sonho que me escolheu, mesmo se tudo estiver na escuridão...eu não vou desistir.Eu vou continuar dizendo sim mesmo com aquele puta frio na barriga.Ah, eu vou.A Carolzinha aqui se ergueu e está preparada para T-U-D-O.Eu me sinto poderosa.Eu me sinto iluminada.A sintonia é grande, não importa o que aconteça.Eu vou aproveitar.Com os meus amigos, com meus familiares.E claro,comigo mesma.


Obrigada á vocês.Disseram "sim" quando entrei na vida de cada um.


Um beijo especial.
E que o show da Gabi seja WONDERFUL <3


Xoxo,


Carol

3 comentários:

Aline disse...

Parabéns Carol!
A vida é isso, precisamos nos permitir viver as coisas boas mesmo quando não estamos 100% bem. Só nos permitindo podemos virar o jogo!
Continue dizendo SIM para tudo de bom que virá.

Um beijo!
Aline
Inventando Assunto

Gabriela Soares disse...

Meu Deus, meu Deus, meu Deus, QUE TEXTO MARAVILHOSO! (em letras maiúsculas pra sentir a emoção HAHA). Eu tava precisando urgentemente ler algo assim, preciso me permitir mais, preciso dizer mais "sim" <3
Um beijão,
Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Carol!
Que texto lindo lindo lindo!
Beijos
Balaio de Babados

Postar um comentário