abril 29, 2015

(Eu postei) Sobre meu livro Cheiro de Sonho

Oi gente, tudo bem?Como todos sabem( ou quase todos,ahahahah) sou escritora e publiquei um livro chamado Cheiro de Sonho.Quer saber mais?Assistam ao vídeo que postei no youtube semana passada.







Xoxo,
Carol

abril 27, 2015

O quê rolou no último final de semana?

E aí, galera?Como estão nessa segunda-feira?Ah, eu estou bem.Eu esqueci de escrever esse post ontem(domingo) porque as últimas semanas estão meio corridas e acontecendo o mundo na minha cabeça e na minha vida mesmo,masssssss, eu nunca me esqueço de vir pra cá e esquecer que o mundo(sometimes) é uma bolha enorme que explode vez ou outra.Vamos parar de filosofar o que não é preciso e vamos falar como foi nosso último final de semana.

No sábado, fui para o curso de inglês e aprendi que.. ah, eu tenho que estudar MUITO se eu quiser ir para Nova York mesmo,ahahahahaha..não é díficil,mas não é fácil,sabe?Enfim, como o sonho é maior que o fracasso, então simbora tentar aprender essa bendita língua.Minha irmã do meio( ela é enfermeira e se chama Samantha) esteve na Alemanha na última semana conhecendo lugares incríveis.E ela voltou á noite para casa e foi uma bagunça que só( até meu namorado fez parte dessa loucura no jantar,ahahahahha) e trouxe presentinhos.Ela já comprou uma "bola de neve" quando foi para o RJ no final do ano e comprou um de Parisss dessa vez.E ah, sem contar meu namorado que pediu para o chefe dele comprar um em Boston,né?A coleção está feita,ahahahahaha.Além disso, ganhei um chaveiro com a inicial do meu nome e dois livros em alemão( para recordação né gente, of a curse,ehehehehe).Posso dizer que ficar ao lado da família iiiiinteira( todo mundo estava presente) é uma das dádivas que não acontece sempre, mas que tentamos aproveitar ao máximo quando aparece a oportunidade né?E meu final de semana rendeu-se em fotos,vídeos e muitas risadas.Eu posso dizer aqui que amo minha família demais da conta? :) 










E o final de semana de vocês, como foi?
PS: Prometo que depois gravo um vídeo mostrando direitinho cada um desses objetos fofos e maravilhosos!

Xoxo,

Carol

abril 24, 2015

(Novidade) A Editora Arqueiro!!!!!

Olá galera, tudo bem com vocês? Estou aqui hoje para contar uma notícia muuuuito legal para o blog.Nós ganhamos( porque vocês também compartilham esse crazy mundi literário comigo) uma parceria linda com a editora Arqueiro.É a primeira editora que me fala o tão esperado "sim" e estou muito ansiosa para os livros chegarem.Vamos conhecer um pouquinho da história da editora?





Geraldo Jordão Pereira (1938-2008) começou sua carreira aos 17 anos, quando foi trabalhar com seu pai, o célebre editor José Olympio, publicando obras marcantes como "O menino do dedo verde", de Maurice Druon, e "Minha vida", de Charles Chaplin.
Em 1976, fundou a Editora Salamandra com o propósito de formar uma nova geração de leitores e acabou criando um dos catálogos infantis mais premiados do Brasil. Em 1992, fugindo de sua linha editorial, lançou Muitas vidas, muitos mestres, de Brian Weiss, livro que deu origem à Editora Sextante.
Fã de histórias de suspense, Geraldo descobriu O Código Da Vinci antes mesmo de ele ser lançado nos Estados Unidos. A aposta em ficção, que não era o foco da Sextante, foi certeira: o título se transformou em um dos maiores fenômenos editoriais de todos os tempos.
Mas não foi só aos livros que se dedicou. Com seu desejo de ajudar o próximo, Geraldo desenvolveu diversos projetos sociais que se tornaram sua grande paixão.
Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma homenagem a esta figura extraordinária, capaz de enxergar mais além, mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a esperança diante dos desafios e contratempos da vida.


O próximo lançamento:

Jeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa.
Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério de Boone Creek, uma pequena cidade na Carolina do Norte. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá.
Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama – e nem um pouco disposta a confiar no forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy.
O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.
Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar.
O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.
****
Sem dizer mais nada, ele se aproximou e pegou a mão dela. Com um sorriso, levou-a à boca e beijou seus dedos antes de assumir a posição. Então, olhou fixamente nos olhos dela, escorregou a outra mão para suas costas e, com gentileza, a puxou para perto. Conforme seu polegar começou a acariciar a pele de Lexie, Jeremy sussurrou seu nome, e ela se viu seguindo os passos dele.
A melodia tocava suave ao fundo e eles começaram a girar lentamente em círculos. Embora estivesse constrangida no início, acabou se apoiando nele, relaxando no calor de seu corpo. O hálito dele aqueceu seu pescoço e, enquanto as mãos alisavam carinhosamente suas costas, ela fechou os olhos e se aproximou ainda mais, deixando a cabeça cair sobre seu ombro e sentindo o que restava de sua determinação se esvair. Percebeu que era isso que tinha querido durante todo o tempo, e, na cozinha minúscula, movimentavam-se no ritmo lento da música, um perdido no outro.
Do lado de fora, as ondas continuavam a quebrar, correndo na direção da duna. O vento frio assobiava ao redor do chalé, desaparecendo na noite escura. O jantar fervia calmamente sobre o fogão.


Alguém gostou tanto da notícia quanto eu?


Xoxo,

Carol

abril 22, 2015

(Textos Meus) The truth is,

"Não vou manter calado aquilo que sempre quis gritar.Se você abrir um sorriso e for a única luz no meu dia, vou falar.Se a sua risada sobrepor aquela música triste sobre coração partido que andei escutando,vou rir junto.E se a verdade for apenas um desejo de um beijo seu no meio da madrugada ou uma poesia pela metade,tudo bem.Eu ainda vou te amar.Por cada segundo não vivido.” 

Xoxo,

Carol

abril 20, 2015

O que rolou no último final de semana?#

Oi gente, belezinha?Acabei de criar esse post com a intenção de postar tooooda segunda-feira, com um resumo bem básico do que aprontei no último final de semana.Nem todo sábado e domingo costuma ser agitado assim, mas fico feliz em dizer á vocês que esse foi recheado de coisas boas.

Alguém aqui curte uma boa poesia?Eu AMO de paixão e faço parte de um grupo de poetas chamado "Poetas do Tietê".É um grupo que realiza Saraus por São Paulo( e outras cidades também) há um tempo e o Paulo( uma vez que fiz o curso de oficina literária com ele) me chamou para fazer parte da loucura.Como o ano passado foi corrido por causa do término da minha faculdade de Letras, não consegui me empenhar tanto para acompanhá-los, maaaaas, nesse ano, estou tentando participar de toda a programação maluca poética.No último sábado, aconteceu o que chamamos de "Poesia na Faixa"  que é mais ou menos assim: Nós juntamos alguns amigos poetas e saimos pelas ruas distribuindo poesias impressas e recitamos também algumas em algum farol específico( numa bagunça danada, ahahahah).Foi a primeira vez que participei porque sempre estive enrolada com alguma coisa da faculdade, e não me arrependo nenhum segundo de ter passado a manhã e a tarde toda com eles! 








No domingo resolvi descansar um pouco( porque né, trabalhei a semana toda e sábado acordei cedo para agitar poesia com o pessoal) e arrumar meu quarto e algumas coisas aqui no computador.E fui ao shopping comprar esse lindo tênis na loja Aura.E lojas Americanas, vamos parar, por favor, de colocar os livros mais famosos por dez reais?Não aguento mais isso,ahahaha.Comprei pilha recarregável para gravar mais vídeos( logo mais eu posto coisas sobre o meu canal) e duas revistas para colorir.Ok, para quem não sabe( fiz um post especial sobre isso, don't worry) a editora Arqueiro é a nova parceira do blog e o livro que pedi(Floresta Encantada) acabou e não tinha mais cota.E minha mãe simplesmente perguntou porque eu não comprava revistas de colorir normais e pintava.. chamei ela de louca no começo, of a curse, maaaas..não é que ela tem razão?
Então é isso..meu final de semana foi bom( com muuuuuita poesia) e espero que o de vocês tenha sido assim também.









Xoxo,

Carol

abril 17, 2015

(Resenha) Cidades de Papel, by John Green

CARACTERÍSTICAS:
Altura21.000000
Largura14.000000
Profundidade1.000000
I.S.B.N.9788580573749
Cód. Barras9788580573749
Idioma Português
NÚMERO1
ANO2013
                                  Sinopse:
Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.


Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

Quentin tem uma melhor amiga e o nome dela é Margo.Destemida e impetuosa,o destino cai em suas mãos como uma luva, pois, em um dia qualquer, junto com seu amigo Q, a menina acha um cara morto.

“Margo sempre adorou um mistério.E, com tudo o que aconteceu depois,nunca consegui deixar de pensar que talvez ela gostasse tanto de mistérios que acabou por tornar um.” Página 16


Margo adorava tanto um mistério que tinha o incrível hábito de ir e voltar da vida de Q na hora que quisesse.É claro que o menino, sempre apaixonado por ela, não ligava muito para este fato.No entanto, em uma noite insignificante, Margo aparece na janela do quarto de Q e transforma a sua vida.Vira tudo de cabeça para baixo.

E assim, o cinco de maio poderia ter sido um outro dia qualquer – até pouco antes de meia-noite,quando Margo Roth Spiegelman abriu a janela sem tela do meu quarto pela primeira vez desde que me mandara fechá-la nove anos antes.” Página 32.

Nessa missão maluca e completamente sem sentido, Margo leva Quentin para algumas tarefas a fim de executá-las.A raiva pelo seu namorado( que a traiu com a melhor amiga) é tanta que ela elabora estratégias de se vingar e ainda de ir embora para sempre ( como modo de escapar da própria vida).O que Margo nunca imaginou foi que Quentin gostava tanto de sua companhia que os próximos passos seriam dados juntos.E talvez algum sentimento estivesse sobrepondo a amizade dos dois.Por exemplo: o amor.

- É mais impressionante – disse eu, em voz alta. – Assim,ao longe.Não dá para ver o desgaste das coisas,entende?Não dá para ver a poeira  ou as ervas daninhas ou a tinta rachando.A gente enxerga o lugar da forma como alguém um dia o imaginou.
-De perto tudo é mais feio. – disse ela.
- Não você. – respondi sem pensar. “ Página 67.

Quentin acompanha Margo em uma série de ações repugnantes, mas que no momento parecem bem divertidas.E nada no mundo parece tão importante quanto aqueles pequenos momentos ao lado dela, mesmo que cada reação referente á esses planos mirabolantes transformem ele em alguém que nem o mesmo reconhece.

A história do livro é uma mistura de suspense com muito romance e alguns pensamentos filosóficos.Reconhecemos um baile de formatura( e uma nostalgia nos faz sorrir), aqueles nossos amigos no tempo do colégio que eram doidos( os amigos de Quentin são muito legais) e claro, o principal, aquele grande amor que mudou a nossa vida toda.O jeito como é narrado( por Quentin, o tempo todo, colocando ele como o grande sofredor da história e não a mulher, como normalmente lemos), os planos de Margo e finalmente a fraqueza dela no final da história, rendendo-se ao amor...é tudo bem calculado por John Green.
Li por aí muita gente criticando esse livro( nem sei porque fizeram isso), mas cada história é diferente, e ele, cada personagem é muito bem construído e diferente do anterior, o que o torna um bom escritor.

O livro ainda virou filme e espero que saia logo aqui no Brasil!Veja o trailer abaixo:



Links para compra do livro:


Espero que tenham gostado da resenha.

Xoxo,

Carol.





abril 13, 2015

(Lançamentos) Editora Charme

Stella passou por grandes perdas em sua vida. Lidou com a morte muito jovem e com a saudade da sua melhor amiga, que foi morar na Itália com a mãe. Quando a vida está começando a entrar nos eixos, a notícia de que ela está com câncer a deixa novamente sem chão. Após o doloroso tratamento, os médicos acreditam que Stella está finalmente recuperada e ela decide passar um tempo em Gênova, na Itália, para reencontrar sua prima e melhor amiga, antes de retornar ao médico para fazer o exame que determinará se ela está realmente curada. O que ela não imaginava é que a Itália vai lhe dar uma nova razão para viver.
Max se apaixona por Stella à primeira vista, mas conquistá-la não será fácil, já que há muita coisa que pode mantê-los separados para sempre. Após muita luta Max finalmente vence sua resistência e conquista seu lugar ao lado da mulher que ama.
Mas será que Max e Stella serão fortes o suficiente para lutar não só por seu amor, mas também por suas vidas.


Bestseller do NY Times e USA Today, Kristen Proby é um dos grandes nomes do romance mundial, com mais de dois milhões de livros vendidos em todo o mundo.
Fica comigo é o primeiro livro da série With me in Seattle, e  foi indicado pelo Portal M de Mulher como leitura obrigatória para os fãs de romance erótico.
Natalie Conner só queria passar uma manhã tranquila tirando fotos da praia, mas um belo estranho a confronta, proibindo-a de tirar as fotos que ele acredita ser dele. Quando Luke Williams descobre que ela não faz ideia de quem ele é, fica intrigado e atraído pela bela mulher e resolve não contar a ela que é um astro do cinema. O que acontecerá com esse novo relacionamento quando ela descobrir o que Luke vem tentando esconder?





No momento em que seus olhares se cruzam, uma estranha necessidade envolve Damon e Josephine, ele decide que a quer e Jô se vê presa a um perigoso jogo de luxúria e sedução, que a fará enfrentar seus maiores medos. Até descobrir que Damon pode não ser exatamente quem ela imagina. 

Bestseller do USA Today, Destrua-me é sucesso de vendas entre os leitores do gênero romance erótico, tendo sido publicado em vários países e traduzido para três idiomas, além do português.








                         Literatura Nacional:



Quando Isabella Leal foi trabalhar em uma empresa de processamento de dados como estagiária, não imaginou que, ao ser efetivada, passaria por uma situação tão inusitada... E deliciosa!
Ela se deparou com um vício: Blake Miller. Além de ser lindo e ardente, o jovem CEO da empresa era irritantemente arrogante.
Após um encontro arrebatador, Isabella percebe que se tornou um erro.
Mas ela não vai deixar isso barato! Blake vai descobrir o que uma mulher determinada e com o sabor do pecado é capaz de fazer.







Ser adolescente é complicado, mas para Alex é anda pior. Crescer sem o pai por perto, uma mãe que vive bêbada e à sombra da irmã mais velha perfeita, são apenas alguns dos motivos que a levaram a odiar aniversários. Mas é exatamente no dia em que completa 17 anos que a sorte começa a sorrir para ela. Ou não.
Quando Jake aparece na pequena cidade de Chestertown, ela vê um novo motivo para acreditar no mundo em meio ao caos. Mas se entregar a sentimentos tão conflitantes não é tão fácil quanto parece...
Como confiar em alguém que você nem conhece, quando não é capaz de confiar em si mesma?
PS:A editora está sorteando dois exemplares desse livro.Para saber as regras cliquem aqui





Xoxo,

Carol

abril 10, 2015

(Pré-venda) Editora Belas Letras

Oi gente, tudo bem? Alguém aí acompanha o canal do youtube da Fran? Ela é uma fofa e em um dos últimos vídeos disse algo sobre um livro que seria publicado.Aqui está :)



O sonho de morar sozinha pode ser frustrante para a maioria dos jovens. Isso porque a comida pronta, a louça lavada, a cama arrumada e as roupas e a casa limpas com cada coisa no seu devido lugar deixam de acontecer como um passe de mágica. E para servir como um guia para os futuros moradores independentes, a Belas-Letras lança o livro Morando Sozinha – Tudo que você precisa saber para ter uma vida independente, da blogueira Fran Guarnieri.

A pré-venda do livro inicia na próxima quinta-feira (2) na loja virtual da Belas-Letras e acompanha um brinde especial. Para ajudar na organização dos leitores, o livro será enviado junto com um bloco de anotações personalizado. E tem mais: o frete para todo o Brasil será grátis. Lembrando que o envio dos livros será feito no dia 24 de abril.

A Fran reúne dicas financeiras, de decoração, organização e relatos de como começar a amadurecer a ideia de morar sozinha. “O mais difícil foi me adaptar à nova vida. É muito legal morar sozinha, de verdade. Só que a gente também recebe um monte de novas responsabilidades. Então bate um "medinho" de dar algo errado ou da gente não dar conta. Mas com o tempo dá para se adaptar”, conta a autora.

E ela lidou bem com tudo isso. Tão bem que, meses depois, lançou o blog Morando Sozinha, onde compartilhou experiências, deu dicas bem práticas e encorajou outras pessoas a seguirem o mesmo caminho que ela. Mesmo o público que não pensa em morar sozinha pode se identificar com a blogueira. Na página, ela escreve também sobre comportamento, dá dicas de receitas, planejamento financeiro e artesanato.

“Meu público é um pouco mais maduro. No geral, a grande parcela de quem me acompanha tem cerca de 20 a 35 anos, então essa já é uma idade que as pessoas começam a pensar mais sobre o futuro. Na verdade, eu costumo ouvir mais que o blog é como um "vamos colocar o pé no chão" do que um incentivo para que as meninas queiram morar sozinhas”, comenta.

                       Quatro dicas da Fran bem simples e fáceis de seguir            

Decoração – “Decorar uma casa inteira pode custar bem caro. No entanto, uma saída econômica e bem divertida é o “faça você mesma”. E eu adoro projetinhos legais que as minhas leitoras possam copiar e fazer em suas casas”

Organização da casa e rotina – “Aqui vale a regrinha dos 15 minutos. Quer manter a sua casa arrumada? Então escolha um horário e ligue o cronômetro do seu celular para marcar 15 minutos. Nesse tempo você deve esquecer tudo o que tem para fazer e apenas se concentrar nas tarefas de casa. Faça o que tiver que fazer e quando o tempo acabar, simplesmente pare. Pronto, você vai ficar surpresa com a quantidade de coisas que conseguiu fazer”

Planejamento financeiro – “Também é de extrema importância ficar de olho e é algo que no começo da sua vida morando sozinha é um pouco difícil de equilibrar. Mas não é tão difícil se você tiver disposição para aprender. 1) Anote todos os seus gastos: morando sozinha a gente sempre acaba arrumando algo para comprar todos os dias. Mas é aí que mora o perigo, pois são justamente esses itens que “sugam” o nosso orçamento  sem que a gente perceba. Por isso, anote tudo e tenha uma planilha para controlar a sua vida financeira (clique aqui e faça o download da planilha). 2) Tenha limite: antes de sair de casa para fazer qualquer compra, estabeleça um limite para ser gastado"

Alimentação – "É muito complicado até você aprender o que comprar. No começo, lembro que ia no mercado e dois dias depois tinha que voltar, pois o que eu havia comprado não era suficiente. 1) Faça um cardápio semanal: assim você consegue saber exatamente como será a sua alimentação durante a semana. 2) Faça uma lista com o cardápio em mãos, você saberá exatamente a quantidade e o que comprar. Assim não tem erro".


Xoxo,

Carol

abril 09, 2015

(Lançamento) Editora DarkSide®


Ficha Técnica
Título | Tubarão
Autor | Peter Benchley
Tradutor | Carla Madeira
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 280 páginas, Capa Dura e Brochura
Dimensões | 14 x 21 cm
ISBN | 978-85-66636-36-9 | Capa Dura
 978-85-66636-37-6 | Brochura
Lançamento | Março de 2015
Preço sugerido | R$ 59,90 (Capa Dura)
 R$ 39,90 (Brochura)
Mais informações
vc@darksidebooks.com | www.darksidebooks.com



Tubarão
por Peter Benchley
Devore ou seja devorado


“Tubarão foi o filme que mudou o cinema para sempre. Foi o filme que lançou o conceito de
arrasa-quarteirão de verão e transformou um ex-diretor de televisão, Steven Spielberg, em um
dos mais famosos cineastas do mundo. O filme de maior bilheteria da história, na época de seu
lançamento, Tubarão foi o primeiro filme do tipo ‘high-concept’, que é um filme cuja história
pode ser facilmente descrita em poucas palavras ou em uma simples imagem. Sempre imitado,
Tubarão tornou-se o padrão para todo arrasa-quarteirão que veio depois.
E permanece um dos maiores filmes de todos os tempos.”


Chegou a hora de conhecer sua origem
Você não está vendo, mas ele está lá no fundo, observando suas pernas se mexerem
nas águas turvas. A mais perfeita máquina assassina da natureza, o predador que mantém
seu posto no topo da cadeia alimentar desde a época dos dinossauros. Um torpedo
de carne, ossos e dentes. Não há para onde fugir. Se você sempre devorou livros, chegou
a hora da revanche.
Tubarão é o clássico romance de Peter Benchley que deu origem ao primeiro blockbuster
de Steven Spielberg. Mas, mesmo antes do sucesso na telona, o frenesi alimentar
de Jaws se transformou num fenômeno de vendas. O best-seller internacional foi o principal
responsável em elevar a fera de barbatanas dorsais ao status de perfeita encarnação
do mal. Se já existiu um bicho-papão na natureza, ele está dentro d’água.
A história se passa em Amity, um balneário ficcional situado em Long Island, Nova
York. Quando o corpo de uma turista é encontrado na praia o chefe de polícia Martin
Brody ordena o fechamento das praias da região. O prefeito Larry Vaughan, porém,
mais preocupado com o dinheiro dos veranistas, consegue abafar a notícia e libera o
banho de mar na cidade. O banquete está servido.
O  impacto dessa obra pop foi tão violento, que gerações passaram a pensar duas
vezes antes de cair no mar. O resultado, além das intermináveis semanas do tubarão na
TV a cabo, foi a perseguição desenfreada a esses peixes de dentes afiados. Benchley se
tornou um ativista contra a matança indiscriminada dos tubarões.

Ao completar 40 anos, Tubarão volta às praias brasileiras com aquele toque feroz
que só a DarkSide® Books consegue dar. Em duas versões: Limited Edition (capa dura) e
Classic Edition.
eter Benchley (1940-2006) pertence a uma das famílias literárias mais celebradas dos EUA.
Seu avô foi o humorista Robert Benchley e seu pai, o romancista Nathaniel Benchley. Jornalista
de sucesso, estreou na ficção com Tubarão (1974) e, com Carl Gottlieb, escreveu o roteiro da
adaptação para os cinemas, sucesso instantâneo. Seu interesse pelos oceanos – presente em todos
os seus romances – data da infância, quando frequentava as praias da Costa Leste durante o
verão. Escreveu dezenas de romances, muitos deles best-sellers, incluindo The Deep, Island, The
Beast e Shark Trouble. Ao anunciar sua morte, em 2006, o obituário do New York Times informava
que Tubarão já havia superado a marca de 20 milhões de exemplares vendidos.
“Um estudo do terror muito bem escrito,
com tensão sob medida que nos deixa arrepiado.”

The Washington Post
“Poderoso... A história de Benchley vai prendê-lo de primeira.”
The New York Times Book Review

“Terror implacável... É melhor você estar preparado.
Não é para os que têm coração fraco.”
The Philadelphia Inquirer

“Prende o leitor desde o início [...] uma história magnífica narrada
com estilo, classe e um sentimento esplêndido pelo suspense.”
Chicago Sun-Times



Xoxo,

Carol

abril 08, 2015

(Lançamento) Editora DarkSide®


O Exterminador

do Futuro
por James Cameron
Randall Frakes e Bill Wisher
A gênese de um clássico
da Ficção Científica


Ficha Técnica
Título | O Exterminador do Futuro
Autor | James Cameron; Randall Frakes; Bill Washer
Tradutor | Dalton Caldas
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 336 páginas, Capa Dura e Brochura
Dimensões | 14 x 21 cm
ISBN | 978-85-66636-41-3 | Capa Dura
978-85-66636-42-0 | Brochura
Lançamento | Abril de 2015








Prepare-se para viajar no tempo
e reviver uma das maiores aventuras
dos últimos 30 anos
Em 1984, um ciborgue chega em Los Angeles com uma missão: assassinar mulheres.
Suas vítimas têm em comum apenas o nome: Sarah Connor. A última Sarah é resgatada
por um soldado que alega vir do século XXI. Tem início uma perseguição que põe em
risco o destino da humanidade.
O ciborgue é um T-800, perfeita máquina de matar, incapaz de sentir pena, medo
ou dor. Nada o fará desistir enquanto não eliminar o líder da resistência humana antes
mesmo do seu nascimento. Sem a existência de John Connor, estaremos completamente
à mercê da tirania de máquinas inteligentes num futuro sombrio, e cada vez mais próximo.
2029, o Ano da Escuridão.
Bem que ele disse que voltaria. O Exterminador do Futuro está chegando aos leitores
brasileiros, trinta anos após o lançamento do filme que projetou as carreiras de James
Cameron e de Arnold Schwarzenegger. O livro, versão em romance do roteiro original,
é assinado pelo próprio Cameron, em parceria com o roteirista Bill Wisher e o escritor
Randall Frakes.
Aclamado pela crítica quando estreou em 1984, O Exterminador do Futuro tornou-
-se um clássico instantâneo, frequentou as listas dos melhores filmes do ano. Em 2008,
foi considerado pela Biblioteca do Congresso norte-americano uma obra de significância
“cultural, história e estética” e selecionado para ser preservado no National Film
Registry dos EUA.
É possível que você já tenha perdido a conta de quantas vezes assistiu ao filme. Chegou
a hora de se aprofundar na história. Deixe-se surpreender com O Exterminador do
Futuro.
Hasta la vista, baby!
James Cameron (1954) é um premiado cineasta, produtor, roteirista e editor canadense. Bacharel
em Física pela Universidade da Califórnia e também explorador dos fundos oceânicos,
é considerado um dos maiores cineastas a trabalhar com efeitos especiais e dirigiu clássicos da
ficção científica como Aliens (1986), O Segredo do Abismo (1989) e O Exterminador do Futuro
2: O Julgamento Final (1991), primeiro filme a ultrapassar o orçamento de US$ 100 milhões. É
dele a direção das duas maiores bilheteiras da história do cinema: Avatar (2009) e Titanic (1997).
Randall Frakes é autor de livros e filmes de ficção científica. Escreveu O Exterminador do
Futuro e O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final. Seu primeiro trabalho no cinema
foi como cameraman de efeitos especiais para Roger Corman.
Bill Wisher é o roteirista que trabalhou com Cameron nos dois primeiros filmes da franquia,
O Exterminador do Futuro e O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final. Fez pequenas
participações em ambos: um policial que tem a cabeça esmagada pelo T-800 no filme de 1984, e
um fotógrafo arremessado pela janela, na sequência de 1991. Bill escreveu ainda os roteiros de
Judge Dredd e das duas versões do prequel de O Exorcista.


MAIS INFORMAÇÕES:


Xoxo,

Carol







abril 07, 2015

BookShelf Tour

Olá, tudo bem?Eu postei mais um vídeo no youtube.Foi uma indicação do blog Coleções Literárias para mostrar minha estante.Vamos conferir?




Xoxo,
Carol

abril 06, 2015

Tag #Skoob

Oi gente, tudo bem?Hoje vim responder uma tag que a Thaís do blog Miss Thay me marcou(há dez anos,ahahahhaha) e eu vou respondê-la aqui e marcar alguns de vocês!!!!

São 15 perguntas sobre o skoob( esse site é muuito amor,ehehehe).Vamos lá.

. Quantos livros você tem na sua aba LIDOS do Skoob?
28.

2. Qual livro você está lendo?
Estou lendo Cidade de Papel do John green e amando muito!!!!!


3. Quantos livros você tem na sua aba QUERO LER?
40, ehehehehe.


4. Você está relendo algum livro? Qual?
Eu não consigo reler livros,sei lá,ahahaha.


5. Quantos livros você já abandonou? Quais são eles?
Antes mesmo de criar skoob eu tinha mania de ficar abandonando os livros que não davam muito certo a química entre eu e eles,sabe?ahahahhaa, mas daí criei uma meta e nunca mais abandonei nenhum.


6. Quantas resenhas você tem cadastradas no Skoob?
11


7. Quantos livros avaliados você tem na sua lista?
28.Cara, é tão pouco,ahahahah.


8. Na aba FAVORITOS, quantos livros você tem registrados? Quais são?
Eu ainda não favoritei nenhum,porque na verdade só comecei a usar o skoob esse último mês,ahahaha.


9. Quantos livros você tem na aba tenho?
221, mas isso é somando os digitais, então sim, quero aumentar essa coleção muito mais ainda!


10. Quantos livros você tem na aba DESEJADOS?
Ahhh, eu não adicionei nenhum :O


11. Quantos livros emprestados no momento?
Nenhum, eu sou tão ciumenta com meus livros ahahahhaa.


12. Você quer trocar algum livro? Quais são?
No momento não :) 


13. Na sua aba META, quantos livros tem marcados? Cumpriu essa meta?
Nenhum ahahahaha 


14. Qual o número do seu paginômetro?
 8654


15. Qual é o link do seu perfil?


Eu indico essa tag para os blogs Jovem Jornalista e Mundo em cartas

Xoxo,

Carol

abril 02, 2015

(Resenha) A Garota do Ônibus, by Dayana Araújo


          Características:
Formato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 602 KB
Número de páginas: 241 páginas
Uso simultâneo de dispositivos: Ilimitado
Editora: Sollo Editorial; Edição: 1 (22 de janeiro de 2014)
Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
Idioma: Português
ASIN: B00I0J0ZB2


                                                       Sinopse:
Não pense que vai encontrar, aqui, uma menina muito educada e refinada. Elisa é totalmente diferente disso... Fala o que quer e quando quer, mas, no fundo, é uma boa moça. Recém-formada no segundo grau com sonhos e vontades como qualquer outra jovem. A única diferença, na sua história, é como ela vê o mundo, sob o ponto de vista da sua classe social. Quando consegue seu primeiro emprego de manicure e maquiadora, num salão, ela se depara com uma coisa inusitada: pegar todo o dia o mesmo ônibus e fazer parte de um novo grupo, que se conhecem pelo nome e são amigos. E, ao fazer um barraco, com um motorista mal educado da mesma linha, que a discrimina por não ter visto que o ônibus iria para garagem, ela ganha a admiração e simpatia de todos no busão. Com o passar do tempo, aquela louca família começa a ser parte da sua própria e a história de Elisa e dos outros passageiros se misturam numa divertida história de amor, romance e, porque não, crítica social?

Ok,vamos lá para mais uma resenha.Em parceria com a autora,Dayana Araújo, ela mandou o livro para avaliar e alguns marcadores fofos demais.E vamos lá, porque tenho um monte de pontos para escrever aqui.
A capa do livro é muito bonita e não sei porque, talvez pelo fato da menina estar dentro de um ônibus,mas a situação em si na foto que colocaram parece bem brasileiro.Uma espécie da novela malhação.A diagramação é linda.As páginas são enumeradas com figuras de ônibus( o que apreciei muito,pois o pensamento de quem já fez isso conseguiu aproximar da história em si) e em todos os capítulos tem o desenho de uma menininha super fofa.

Elisa, a protagonista dessa história doida, começa a história avisando ao leitor que ela não é educada e muito menos quieta.Gosta mesmo é de lutar pelos seus direitos e fazer “auê” com isso quando está na razão.Ela tem 19 anos e quer muito um emprego para sair da barra da mãe.Uma conhecida indica um lugar que naquele momento precisava de uma manicure e maquiadora( duas coisas que Elisa amava fazer).Para chegar nesse lugar, ela pegava um ônibus que aos poucos vai se tornando a sua segunda casa.Cria laços de amizade com pessoas diferentes e ao mesmo tempo tão comuns.E isso muda a sua vida, enche de alegria seu coração solitário.

“ – Você tem o número do cobrador de ônibus?
- Claro,viramos amigos!
-Ah!Que engraçado.
- Eu sei,mas acabei gostando deles.Faz meu dia melhor.” 

Um ponto super positivo que encontrei nesse livro nacional foi a inserção dos costumes brasileiros mesmo.Há gírias como “oxi,ah meu..”, fora a bagunça que nós estamos cansadas(os) de ver nos ônibus da vida né?Foi o único livro que li até agora que conseguiu realmente trazer todos esses hábitos,costumes e outras coisas para dentro da Literatura.
Um ponto negativo foi quando Elisa está de castigo por causa de alguma coisa que aprontou,então uns amigos aparecem em sua casa e seu pai, a principio,fica muito bravo.Ele cede fácil e deixa os meninos entrarem.Só acho que deveria ter dificultado um pouco a entrada deles de algum jeito,sei lá, achei fácil demais.

Elisa se apaixona, quebra a cara com a melhor amiga,encontra seus verdadeiros valores e descobre a si mesma.Podemos perceber a evolução do personagem durante a história, conforme vai acontecendo algumas coisas que muda os pensamentos de Elisa, ou seja, que transforma sua personalidade numa pessoa cada vez melhor.
Os autores nacionais estão de parabéns,mandando ver na escrita.Que venha outros livros da Dayana Araújo.


Venda do livro aqui: Amazon , Sollo Editorial




Xoxo,
Carol