dezembro 27, 2014

(Eu quero) Ler a continuação desses livros

Hello people, tudo bem?Eu vi um dia desses aí (não lembro o blog) um post que falava sobre os livros que precisamos( e por algum motivo não o fizemos) ler a continuação.Eu montei a minha lista, vamos conferir?

)A série "Eu amo" da Linsey Kelk é uma chicklit muuito fofa.Eu me apaixonei á primeira vista, porque né, o primeiro livro se chama "Eu amo Nova York" e achei bem legal a estrutura e a forma como a autora conduz a história.Li em seguida o livro "Eu amo Hollywood" e quero o "Eu amo Paris" e os outros que virão.Gostei demais da história :) 

2ª) A série "Beijada por um Anjo" da autora Elizabeth Chandler eu só li os três primeiros livros e sei que tem continuação.Não sei porque parei, vai ver é pelo mesmo motivo de sempre: gasto todo o meu salário em livros e daí quando acaba o money entro em depressão e não faço mais nada,ahahahaha.Enfim, ainda quero comprar os outros e continuar essa história meio sombria, mas intrigante!!!!


3ª) Recentemente comecei a ficar viciada na série Gossip Girl.A história é recheada de barracos, beijos,brigas e aquelas coisinhas que toda garota( e garoto também, of a curse) gostam né?O engraçado é que antes de assistir que nem louca todos os episodios da série, eu não curtia muito os livros que a autora Cecily von Ziegesar escreveu.Não sei, na minha opinião,nos livros as cenas de sexo e palavrões são muito expostos sabe?Na série,é mais contido e com isso fica mais legal,sei lá.Mas por causa da série, agora, fiquei com vontade mesmo assim de terminar de ler os outros livros.


4ª)"Os imortais" da autora Alyson Noel, só li o primeiro livro "Lua Azul" e assim como "Beijada por um anjo", tem esse tom meio gótico que curti.Gostaria muito de continuar a série..aliás, só preciso ver qual é o próximo certinho, porque nas lojas Americanas a continuação dessa série  está bem baratinha.


E aí, tem alguma continuação que vocês também queiram ler e não leram por algum motivo ainda?

Xoxo,

Carol

dezembro 25, 2014

Inspiração: Árvores de Natal

Natal chegando(hohohohohooohohoho). Vamos começar a entrar no clima natalino? :)




Xoxo,

Carol

(Textos Meus) Ceia de Natal

Noite de chuva.O vento gelado.O sorriso de lado.A boca seca.As palavras engolidas.O cardápio na mesa.A chuva para.O silêncio corta.O meu sorriso de lado.As conversas bobas.As poesias escritas.Você pergunta sobre o meu dia.Respondo com um “tudo bem” e pergunto como foi o seu.Responde um “bom” vazio e desvia o olhar para a rua.Nossa voz some nas conversas sobre coração.Ele foi embora.Ela fugiu.Talvez o caminho seja esse aqui: o além de nós dois.As gotas perfurando o chão; nosso cérebro de gelatina infiltra-se nessa mistura de coisas impossíveis.O perdido é encontrado bem aqui,ao seu lado.Você suspira fundo.Eu suspiro fundo.A vida é um mar de agitação e quando saímos fora da zona de perigo é só: respirar.Você confessa que é melhor aqui do que na sua casa; as coisas estão fora do controle.Eu sobreponho minha vinda até aqui com um “só quero respirar” e você entende a menção ao nosso conceito de respirar.O Natal é mágico.As pessoas nos olham desconfiadas.O cara que colocou essa árvore aqui bem ao seu lado,esboçou um sorriso e disse que ama essa época do ano.E eu amo qualquer coisa que brilha, seja esse pisca-pisca aqui ou o seu lábio quando se mexe e forma o sorriso de sempre.Olho a placa de “Boas Festas” no jardim á frente do restaurante e começo a rir sozinha.Você pergunta “ o que foi?”.E eu só digo que jantar no Habibs num Natal parece solitário demais.E eu recebo uma risada.E juntos completamos as melhores conversas sóbrias: num vazio intenso, explodimos em alegria.E não seria essa a definição de um Natal?
O coração é nosso repouso.Costumo cobrir meu corpo machucado pelo passado com um pouco da sua esperança.Você já vestiu minha poesia hoje,garoto?Gosto de ter essa proximidade dos seus versos mais puros.É na sua roupa cheirosa que encontro um presente bonito.E esse brilho nos nossos olhos; qual o significado de amor?Amor é fazer uma estrela com o guardanapo e colocar no topo da árvore.E você ri disso, enquanto tira uma foto para postar em todas as redes sociais com a seguinte legenda: " Uma estrela fazendo uma estrela".Tosco,eu sei,mas a alegria exacerbada é só começo de uma noite divertida,certo?Uma música toca.Você a interpreta com sua melhor performance.Michael Jackson não,penso caindo na gargalhada.E a dança se estende até o jardim, lá fora, na frente de todas as pessoas que estacionam seus carros no pequeno espaço próprio para isso.Começo a seguir você,segurando a risada da melhor maneira que posso.E você para,de repente.Estranho a atitude e pergunto( entre mímicas engraçadas) o que acontece agora,já que a música acabou.E uma gota de água cai na sua testa.Você responde "aprendemos a dançar com a chuva,baby".E você remexe a sua alma como se a chuva fosse apenas uma parte da sua apresentação.
Feliz Natal,melhor amigo!


Xoxo,

Carol


dezembro 20, 2014

(Frases) Tati Bernardi





"E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado."


"Eu sofro sendo assim, eu sofro porque, quando você acha mais da metade do mundo babaca, você passa muito tempo sozinho."



(...) "Posso te garantir que o verão solitário me deixou mais mulher, mais leve e mais bronzeada e que, depois de sofrer muito querendo uma pessoa perfeita e uma vida de cinema, eu só quero ser feliz de um jeito simples. Hoje o céu ficou bem nublado, mas depois abriu o maior sol."



(...) "Os grandes amores são assim mesmo, eles nos dão o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos, ninguém copia, ninguém leva, ninguém divide..."


"O amor é uma doença. Eu sinto náuseas, febres, dores musculares. Eu acordo assustada no meio da noite. Eu choro à toa."

dezembro 15, 2014

(Textos Aleatórios) Gabriela Freitas

  "Foi com os tombos que ela aprendeu a se reerguer, foi com as lágrimas que ela aprendeu a sorrir, foi com a dor que ela aprendeu a ser feliz, foi com o tempo que ela aprendeu a esperar, foi com a saudades que ela aprendeu a esquecer, foi com o sol que ela aprendeu a se esconder, foi com a lua que ela aprendeu a brilhar, foi com o frio que ela aprendeu a se aquecer, foi com o calor que ela aprendeu à aquecer, foi com aquela musica que eles dançaram naquela noite estrelada que ela aprendeu a deixar rolar, foi com as dores que ela aprendeu a superar, foi com aquele dia escondida em um nós que ela aprendeu a ser eu e você, foi com a maturidade que ela aprendeu a ser criança, foi com a cara cheia que ela aprendeu a ser sóbria.
Foi com a vida que ela aprendeu, ensinou, lutou, amou e sofreu, foi com a vida que ela disse prefiro a morte, foi pela vida que ela rezou por mais um dia, foi a vida que ela desejou, foi a vida que ela viveu e reviveu todos os segundos."

dezembro 13, 2014

Em cinco segundos,

Vou tentar resumir o meu ano inteiro.Vamos por partes?

Vida profissional: Para quem não sabe, trabalho num laboratório de ótica há três anos e sou muito grata por ser reconhecida pelo que faço.Assumo um cargo meio delicado(atendimento,ahahahah) e digamos que é preciso muita paciência para fazer o meu papel.É um lugar ótimo para aprender como as pessoas se comportam, como as pessoas te ajudam ou ainda como elas podem ser bem malvadas, ou seja, é um ambiente para crescer.E eu cresci muito lá, principalmente pelo fato que dou o melhor de mim e recebo alguns comentários ótimos por parte dos meus chefes.Eu consegui ter a confiança para fazer qualquer coisa ao passo em que eles lhe agradecem por fazer o que faz.

Vida amorosa: O amor é uma surpresa á cada ano, á cada dia,certo?Simmmm.Eu terminei um namoro de dois anos( um noivado, na verdade) porque percebi que o sentimento não era recíproco da minha parte e tive que tomar essa decisão.E daí tinha esse cara que estava lá nos piores momentos, nas crises, nos choros era conhecido como meu melhor amigo e só.Não sei bem como isso aconteceu até hoje,mas começou a partir de uma aposta na Copa do Mundo e bom, resolvemos confessar nossos sentimentos além da amizade e estamos namorando.E daí agora ele compartilha os momentos de dúvidas,momentos tristes, mas sempreeeee está presente nos melhores momentos e sempre está ao meu lado para qualquer coisa.Nem sei como é descrever o amor nesse sentido.É muuito bom ficar com uma pessoa que te conhece tão bem e você conhece muito bem!

Família: Nossa família passou por um problema bem delicado, pois meu pai estava com câncer há dois anos e parecia que o dia da cirurgia não chegava nunca.E esse ano papai operou e está bem,graças á Deus, ao passo em que percebi a importância de aproveitar cada momento ao lado deles.É sério.Cada sorriso,cada risada,cada choro,cada briga,tuuudo,qualquer segundo é importante para a minha formação pessoal como para perceber que os amo cada dia mais.Ainda bem que deu tudo certo!

Vida de escritora: Já deu para perceber que esse ano a revolução foi a palavra chave né?E simmm, eu publiquei um conto numa antologia e publiquei meu primeiro romance.Nem sei o que falar desse sonho.É uma sensação ótima.


Vida acadêmica: Apresentamos nosso TCC  e passamos direto com “direito a louvor”,ehehehehe.Eu tive a honra de participar de um grupo excelente e que deu o melhor de si em toooodos os momentos do processo.E agora só falta o estágio para fechar o curso de Letras.
Em suma, estou realizada em toooooodos os sentidos possíveis da minha vida.E aí, como foi o ano de vocês?

Xoxo,

Carol


dezembro 05, 2014

(Textos Meus) Recomendações

Viver é essa submersão ao desconhecido.Você passa pela calçada,com as calças largas e metade de um sorriso escondido pelo cabelo seboso.Tem essa inocência transparecendo na sua cantoria sem noção.O sol brilha acima de você,mas não ganha o poder.De ofuscar os resquícios de luz que ele deixou quando foi embora.Bela maneira de encontrar um amor hein,flor?Sua respiração é profunda e lenta; tão lenta quanto essa música que toco nas cordas podres do meu violão.O som é meio esganiçado, mas sei que sente.Alguma coisa tão forte quanto esta poesia que está escrevendo na areia.Ah,não venha me dizer que está apaixonada.Você me disse uma vez, entre centenas de cervejas, que o amor é só uma maneira bem idiota de passar o tempo,lembra?E cadê todas as suas verdades ditas?Cadê a certeza de que ficar sozinha é mais legal e prudente?O amor é assim,benzinho.Faz você perder as estribeiras e esquecer de todas as regras.Ele liga no meio da tarde, no horário do almoço,antes de dormir,quando acorda e você só corresponde.E a vontade é mútua: você manda sms no meio da tarde,á noite, durante o dia.Ele é só uma superstição,hm.Ele não é rotina,muito menos um sinal certo.É só um garoto com o coração bom,oras bolas.E você é uma ótima garota,também.Vai lá,leva aquele sorriso com você e mostra o teu melhor.Eu sei que dança embaixo da chuva, e sei que canta mentalmente as músicas preferidas dele.Ok,garota,vai lá.
Ei, o que é esse troço no seu cabelo?Você tem esse jeito estranho de mostrar ao mundo o que sente: através da forma.Alguém lhe disse que através da forma o verdadeiro é dito.Não importa do que é realmente feito,mas a essência que aquilo lhe traz.Você forma.Um belo sentimento em cima de uma cicatriz passada.A flor traduz essa forma.É tão delicada quanto seu coração frágil.Mas olha só, você está fugindo de todas as chances de dar errado,agarrando-se ás certas.Eu deixo escapar um sorriso.A eloqüência de uma enamorada é tão fascinante quanto nós mesmos; você emana esse brilho colorido e espalha por todos os lados.Adoro esse sorriso verdadeiro.
Vai lá garota,mostra essa flor pra ele e mostra que amor é para quem não tem medo de amar.E se a flor murchar,já sabe onde me encontrar.Bem aqui.No seu coração.
Beijos.
Paz interna.


Xoxo,

Carol