dezembro 27, 2014

(Eu quero) Ler a continuação desses livros

Hello people, tudo bem?Eu vi um dia desses aí (não lembro o blog) um post que falava sobre os livros que precisamos( e por algum motivo não o fizemos) ler a continuação.Eu montei a minha lista, vamos conferir?

)A série "Eu amo" da Linsey Kelk é uma chicklit muuito fofa.Eu me apaixonei á primeira vista, porque né, o primeiro livro se chama "Eu amo Nova York" e achei bem legal a estrutura e a forma como a autora conduz a história.Li em seguida o livro "Eu amo Hollywood" e quero o "Eu amo Paris" e os outros que virão.Gostei demais da história :) 

2ª) A série "Beijada por um Anjo" da autora Elizabeth Chandler eu só li os três primeiros livros e sei que tem continuação.Não sei porque parei, vai ver é pelo mesmo motivo de sempre: gasto todo o meu salário em livros e daí quando acaba o money entro em depressão e não faço mais nada,ahahahaha.Enfim, ainda quero comprar os outros e continuar essa história meio sombria, mas intrigante!!!!


3ª) Recentemente comecei a ficar viciada na série Gossip Girl.A história é recheada de barracos, beijos,brigas e aquelas coisinhas que toda garota( e garoto também, of a curse) gostam né?O engraçado é que antes de assistir que nem louca todos os episodios da série, eu não curtia muito os livros que a autora Cecily von Ziegesar escreveu.Não sei, na minha opinião,nos livros as cenas de sexo e palavrões são muito expostos sabe?Na série,é mais contido e com isso fica mais legal,sei lá.Mas por causa da série, agora, fiquei com vontade mesmo assim de terminar de ler os outros livros.


4ª)"Os imortais" da autora Alyson Noel, só li o primeiro livro "Lua Azul" e assim como "Beijada por um anjo", tem esse tom meio gótico que curti.Gostaria muito de continuar a série..aliás, só preciso ver qual é o próximo certinho, porque nas lojas Americanas a continuação dessa série  está bem baratinha.


E aí, tem alguma continuação que vocês também queiram ler e não leram por algum motivo ainda?

Xoxo,

Carol

dezembro 25, 2014

Inspiração: Árvores de Natal

Natal chegando(hohohohohooohohoho). Vamos começar a entrar no clima natalino? :)




Xoxo,

Carol

(Textos Meus) Ceia de Natal

Noite de chuva.O vento gelado.O sorriso de lado.A boca seca.As palavras engolidas.O cardápio na mesa.A chuva para.O silêncio corta.O meu sorriso de lado.As conversas bobas.As poesias escritas.Você pergunta sobre o meu dia.Respondo com um “tudo bem” e pergunto como foi o seu.Responde um “bom” vazio e desvia o olhar para a rua.Nossa voz some nas conversas sobre coração.Ele foi embora.Ela fugiu.Talvez o caminho seja esse aqui: o além de nós dois.As gotas perfurando o chão; nosso cérebro de gelatina infiltra-se nessa mistura de coisas impossíveis.O perdido é encontrado bem aqui,ao seu lado.Você suspira fundo.Eu suspiro fundo.A vida é um mar de agitação e quando saímos fora da zona de perigo é só: respirar.Você confessa que é melhor aqui do que na sua casa; as coisas estão fora do controle.Eu sobreponho minha vinda até aqui com um “só quero respirar” e você entende a menção ao nosso conceito de respirar.O Natal é mágico.As pessoas nos olham desconfiadas.O cara que colocou essa árvore aqui bem ao seu lado,esboçou um sorriso e disse que ama essa época do ano.E eu amo qualquer coisa que brilha, seja esse pisca-pisca aqui ou o seu lábio quando se mexe e forma o sorriso de sempre.Olho a placa de “Boas Festas” no jardim á frente do restaurante e começo a rir sozinha.Você pergunta “ o que foi?”.E eu só digo que jantar no Habibs num Natal parece solitário demais.E eu recebo uma risada.E juntos completamos as melhores conversas sóbrias: num vazio intenso, explodimos em alegria.E não seria essa a definição de um Natal?
O coração é nosso repouso.Costumo cobrir meu corpo machucado pelo passado com um pouco da sua esperança.Você já vestiu minha poesia hoje,garoto?Gosto de ter essa proximidade dos seus versos mais puros.É na sua roupa cheirosa que encontro um presente bonito.E esse brilho nos nossos olhos; qual o significado de amor?Amor é fazer uma estrela com o guardanapo e colocar no topo da árvore.E você ri disso, enquanto tira uma foto para postar em todas as redes sociais com a seguinte legenda: " Uma estrela fazendo uma estrela".Tosco,eu sei,mas a alegria exacerbada é só começo de uma noite divertida,certo?Uma música toca.Você a interpreta com sua melhor performance.Michael Jackson não,penso caindo na gargalhada.E a dança se estende até o jardim, lá fora, na frente de todas as pessoas que estacionam seus carros no pequeno espaço próprio para isso.Começo a seguir você,segurando a risada da melhor maneira que posso.E você para,de repente.Estranho a atitude e pergunto( entre mímicas engraçadas) o que acontece agora,já que a música acabou.E uma gota de água cai na sua testa.Você responde "aprendemos a dançar com a chuva,baby".E você remexe a sua alma como se a chuva fosse apenas uma parte da sua apresentação.
Feliz Natal,melhor amigo!


Xoxo,

Carol


dezembro 20, 2014

(Frases) Tati Bernardi





"E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado."


"Eu sofro sendo assim, eu sofro porque, quando você acha mais da metade do mundo babaca, você passa muito tempo sozinho."



(...) "Posso te garantir que o verão solitário me deixou mais mulher, mais leve e mais bronzeada e que, depois de sofrer muito querendo uma pessoa perfeita e uma vida de cinema, eu só quero ser feliz de um jeito simples. Hoje o céu ficou bem nublado, mas depois abriu o maior sol."



(...) "Os grandes amores são assim mesmo, eles nos dão o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos, ninguém copia, ninguém leva, ninguém divide..."


"O amor é uma doença. Eu sinto náuseas, febres, dores musculares. Eu acordo assustada no meio da noite. Eu choro à toa."

dezembro 15, 2014

(Textos Aleatórios) Gabriela Freitas

  "Foi com os tombos que ela aprendeu a se reerguer, foi com as lágrimas que ela aprendeu a sorrir, foi com a dor que ela aprendeu a ser feliz, foi com o tempo que ela aprendeu a esperar, foi com a saudades que ela aprendeu a esquecer, foi com o sol que ela aprendeu a se esconder, foi com a lua que ela aprendeu a brilhar, foi com o frio que ela aprendeu a se aquecer, foi com o calor que ela aprendeu à aquecer, foi com aquela musica que eles dançaram naquela noite estrelada que ela aprendeu a deixar rolar, foi com as dores que ela aprendeu a superar, foi com aquele dia escondida em um nós que ela aprendeu a ser eu e você, foi com a maturidade que ela aprendeu a ser criança, foi com a cara cheia que ela aprendeu a ser sóbria.
Foi com a vida que ela aprendeu, ensinou, lutou, amou e sofreu, foi com a vida que ela disse prefiro a morte, foi pela vida que ela rezou por mais um dia, foi a vida que ela desejou, foi a vida que ela viveu e reviveu todos os segundos."

dezembro 13, 2014

Em cinco segundos,

Vou tentar resumir o meu ano inteiro.Vamos por partes?

Vida profissional: Para quem não sabe, trabalho num laboratório de ótica há três anos e sou muito grata por ser reconhecida pelo que faço.Assumo um cargo meio delicado(atendimento,ahahahah) e digamos que é preciso muita paciência para fazer o meu papel.É um lugar ótimo para aprender como as pessoas se comportam, como as pessoas te ajudam ou ainda como elas podem ser bem malvadas, ou seja, é um ambiente para crescer.E eu cresci muito lá, principalmente pelo fato que dou o melhor de mim e recebo alguns comentários ótimos por parte dos meus chefes.Eu consegui ter a confiança para fazer qualquer coisa ao passo em que eles lhe agradecem por fazer o que faz.

Vida amorosa: O amor é uma surpresa á cada ano, á cada dia,certo?Simmmm.Eu terminei um namoro de dois anos( um noivado, na verdade) porque percebi que o sentimento não era recíproco da minha parte e tive que tomar essa decisão.E daí tinha esse cara que estava lá nos piores momentos, nas crises, nos choros era conhecido como meu melhor amigo e só.Não sei bem como isso aconteceu até hoje,mas começou a partir de uma aposta na Copa do Mundo e bom, resolvemos confessar nossos sentimentos além da amizade e estamos namorando.E daí agora ele compartilha os momentos de dúvidas,momentos tristes, mas sempreeeee está presente nos melhores momentos e sempre está ao meu lado para qualquer coisa.Nem sei como é descrever o amor nesse sentido.É muuito bom ficar com uma pessoa que te conhece tão bem e você conhece muito bem!

Família: Nossa família passou por um problema bem delicado, pois meu pai estava com câncer há dois anos e parecia que o dia da cirurgia não chegava nunca.E esse ano papai operou e está bem,graças á Deus, ao passo em que percebi a importância de aproveitar cada momento ao lado deles.É sério.Cada sorriso,cada risada,cada choro,cada briga,tuuudo,qualquer segundo é importante para a minha formação pessoal como para perceber que os amo cada dia mais.Ainda bem que deu tudo certo!

Vida de escritora: Já deu para perceber que esse ano a revolução foi a palavra chave né?E simmm, eu publiquei um conto numa antologia e publiquei meu primeiro romance.Nem sei o que falar desse sonho.É uma sensação ótima.


Vida acadêmica: Apresentamos nosso TCC  e passamos direto com “direito a louvor”,ehehehehe.Eu tive a honra de participar de um grupo excelente e que deu o melhor de si em toooodos os momentos do processo.E agora só falta o estágio para fechar o curso de Letras.
Em suma, estou realizada em toooooodos os sentidos possíveis da minha vida.E aí, como foi o ano de vocês?

Xoxo,

Carol


dezembro 05, 2014

(Textos Meus) Recomendações

Viver é essa submersão ao desconhecido.Você passa pela calçada,com as calças largas e metade de um sorriso escondido pelo cabelo seboso.Tem essa inocência transparecendo na sua cantoria sem noção.O sol brilha acima de você,mas não ganha o poder.De ofuscar os resquícios de luz que ele deixou quando foi embora.Bela maneira de encontrar um amor hein,flor?Sua respiração é profunda e lenta; tão lenta quanto essa música que toco nas cordas podres do meu violão.O som é meio esganiçado, mas sei que sente.Alguma coisa tão forte quanto esta poesia que está escrevendo na areia.Ah,não venha me dizer que está apaixonada.Você me disse uma vez, entre centenas de cervejas, que o amor é só uma maneira bem idiota de passar o tempo,lembra?E cadê todas as suas verdades ditas?Cadê a certeza de que ficar sozinha é mais legal e prudente?O amor é assim,benzinho.Faz você perder as estribeiras e esquecer de todas as regras.Ele liga no meio da tarde, no horário do almoço,antes de dormir,quando acorda e você só corresponde.E a vontade é mútua: você manda sms no meio da tarde,á noite, durante o dia.Ele é só uma superstição,hm.Ele não é rotina,muito menos um sinal certo.É só um garoto com o coração bom,oras bolas.E você é uma ótima garota,também.Vai lá,leva aquele sorriso com você e mostra o teu melhor.Eu sei que dança embaixo da chuva, e sei que canta mentalmente as músicas preferidas dele.Ok,garota,vai lá.
Ei, o que é esse troço no seu cabelo?Você tem esse jeito estranho de mostrar ao mundo o que sente: através da forma.Alguém lhe disse que através da forma o verdadeiro é dito.Não importa do que é realmente feito,mas a essência que aquilo lhe traz.Você forma.Um belo sentimento em cima de uma cicatriz passada.A flor traduz essa forma.É tão delicada quanto seu coração frágil.Mas olha só, você está fugindo de todas as chances de dar errado,agarrando-se ás certas.Eu deixo escapar um sorriso.A eloqüência de uma enamorada é tão fascinante quanto nós mesmos; você emana esse brilho colorido e espalha por todos os lados.Adoro esse sorriso verdadeiro.
Vai lá garota,mostra essa flor pra ele e mostra que amor é para quem não tem medo de amar.E se a flor murchar,já sabe onde me encontrar.Bem aqui.No seu coração.
Beijos.
Paz interna.


Xoxo,

Carol

novembro 24, 2014

(Textos Meus) Ombro errado

                                                        (We Heart It)
Não vou mentir para o seu olhar.Odeio quando encara meu rosto por alguns segundos,porque...tenho medo do que vai descobrir.O olhar é capaz de desvendar aquilo que nem eu mesma consigo decifrar através de pensamentos ou diálogos internos.E você sempre carrega com você a ideia(remota) de um futuro beijo.Eu nunca afirmei meus sentimentos por você,mas considerando todas as conversas anteriores,talvez eu sinta a mesma coisa.E isso dói.É como se um fogo destruísse tudo de bom que resta aqui dentro.Eu amo ele,é verdade,mas esses sentimentos contraditórios permanecem por causa dessa distância idiota entre eu e ele.Ou melhor,noivo.Eu fiquei confusa com isso.Você me perguntou se estou casando por dó ou realmente estou cem por cento segura do quê estou fazendo.Eu não sei.Não sei se você está me pressionando com essas perguntas porque gosta de mim de um outro jeito ou porque sabe o meu desespero toda vez que “casamento” é citado.Eu estou morrendo de medo.E nós começamos a falar sobre sentimentos e você diz que eu sei sobre as possíveis deduções do quê sente por mim.Meu corpo começa a estremecer e eu não quero que você fale isso.E daí o clima fica estranho,nós despistamos o assunto e prometemos a negação sobre os sentimentos e sobre o conteúdo da conversa.Você diz que vai se afastar e eu fico calada.Talvez seja melhor.Eu tenho vontade de te tirar dali,ultrapassar qualquer barreira idiota e beijar sua boca para que você a  cale e alguma coisa faça sentido no meu coração.Mas eu vou me arrepender depois.Depois de começar a chorar e falar para ele o acontecido e fazer a maior merda da minha vida.Eu estou tão confusa que começo a chorar por dentro.Mas eu quero você por perto,sua presença me faz bem.Eu acho que confundimos a essência da amizade.Você procurava a resposta para seus problemas e veio distrair-se comigo e eu apenas preenchi o vazio que ele costuma deixar durante a semana.Eu tenho medo.De sentir a mesma coisa que você e cometer algum tipo de crime sem perdão.Por isso eu acho que você procurou o ombro errado para pedir ajuda.Mas é tarde demais para deduzir qualquer coisa.O que está feito, está feito e eu não sei como seguir adiante depois de hoje.Vou sentir sua falta.

Xoxo,

Carol

novembro 19, 2014

(Lançamentos) - Editora Charme

Lançamentos de Dezembro


Bestseller da Amazon, Uma proposta sedutora é um dos livros mais aguardados do ano, pelos leitores.

Sinopse:
Rico, sexy e volátil, Sloane Michaels tem um plano sombrio que mantém seu coração no gelo. A riqueza extrema lhe dá o controle que ele anseia ter, e suas habilidades como ex-lutador de UFC, as ferramentas de que vai precisar para conseguir a vingança definitiva. Porém, quando a mulher que imaginou nunca mais rever cruza seu caminho, Sloane se vê preso entre a vingança que precisa e a conquista sexual que deseja.

Há seis anos Kat Thayne vive em modo de sobrevivência, escondendo-se atrás das doces criações de sua confeitaria. Entretanto, quando o roubo de um carro ao acaso a coloca frente a frente com seus medos mais obscuros e suas fantasias mais ardentes, Kat é forçada a deixar o esconderijo ao receber uma proposta perigosamente sedutora. Uma que ela sabe não ser forte o bastante para recusar.


A aguardada continuação de Tudo o que eu preciso. Toda história tem dois lados. A de Spencer você já conhece. Agora, vamos descobrir o que Brandon sentiu quando a conheceu no Club 24.

Sinopse:
Com uma ex-namorada louca que não o deixa em paz, Brandon Montgomery está determinado a investir na morena gostosa que chamou sua atenção na academia em que ele é dono. As coisas começam lentamente entre Brandon e Spencer, já que nenhum deles encontra coragem de se aproximar do outro, até acontecer de ambos estarem em Las Vegas durante um fim de semana.

O que dizem por aí não é verdade. As coisas nem sempre ficam em Vegas, e para a sorte de Brandon, a garota que ele quer que esteja em sua vida, mora em sua cidade. Agora, se sua ex-namorada louca, Christy, deixá-lo em paz, Brandon poderá seguir em frente para conquistar tudo o que ele precisa.

A história de Brandon e Spencer já foi escrita. Você conhece a versão ​da Spencer. Agora descubra o que Brandon estava realmente pensando desde o momento que Spencer entrou no Club 24.
     
                                            Lançamento de Novembro


Sinopse:

Nicky tem um segredo. Ela fugiu de Hamburgo aos quinze anos, e encontrou refúgio na pacata Maidenhead, onde seu café, Ruby in the Dust, tornou-se um sucesso. Mas agora, conforme Maidenhead se moderniza e o Corporista Café engole a cidade, Nicky está perdendo sua renda e tem uma ameaça de despejo. Com todas estas preocupações martelando em seu coração, ela certamente não está à procura de amor.

Quando Alex entra em sua vida com promessas para ajudá-la a transformar seu negócio em algo lucrativo, Nicky se mantém cética. Mas há mais em Alex do que o idiota que ele parece ser. Quando o senhorio desagradável de Nicky desafia Alex a salvar o Café em três meses, Alex não consegue resistir, e eles fazem uma aposta que pode acabar custando caro a Alex.

Pode Nicky colocar o orgulho de lado e trabalhar com Alex para salvar Ruby in the Dust, antes que ele se torne mais um café empresarial? E ela pode superar o seu grave segredo, e se permitir apaixonar por Alex, mesmo que isso signifique enfrentar seus medos mais profundos?

Aconchegue-se com uma xícara de chá, e desfrute do calor do Ruby in the Dust




                                                         Outros livros do catálogo







Site aqui da editora

Xoxo,

Carol

novembro 16, 2014

(Inspiração): Poeme-se

Oi galerinha do mal,beleza?Fiz um post diferente e muito legal hoje.Alguém aí curte poesias?Eu curto muuuuito(tanto que escrevo,rs) e achei essa página no facebook.São camisetas literárias  com frases ou desenhos de Chico Buarque,Fernando Pessoa,Drummond.Eu adorei todos os que estão no site..são lindos.E aí, vamos dar uma olhadinha em alguns modelos?


Vocês encontram mais modelos aqui ó

Xoxo,

Carol

novembro 11, 2014

(Lançamento) - Editora Intrínseca

O  capital no século XXI, de Thomas Piketty

Em O capital no século XXI, o economista francês Thomas Piketty apresenta um conjunto inédito de dados de vinte países para os últimos duzentos anos. O autor demonstra que o crescimento econômico e a difusão do conhecimento ao longo do século XX impediram que se concretizasse o cenário apocalíptico preconizado por Karl Marx, mas, ao contrário do que o otimismo dominante após a Segunda Guerra Mundial costuma sugerir, a estrutura básica do capital e da desigualdade permaneceu relativamente inalterada. Piketty constata que a taxa de rendimento do capital supera o crescimento econômico — e isso se traduz numa concentração cada vez maior da riqueza, um círculo vicioso de desigualdade que, a um nível extremo, pode levar a um descontentamento geral e até ameaçar os valores democráticos.



Não sou uma dessas, de Lena Dunham
Em seu livro de estreia, Lena Dunham, criadora, produtora e estrela da série Girls, da HBO, faz um balanço das escolhas e experiências que a conduziram à vida adulta. A autora apresenta uma coleção de sinceros relatos pessoais, que a revelam como um dos jovens talentos mais originais da atualidade. Engajada, Lena expressa sua opinião sobre sexo, amor, solidão, carreira, dietas malucas, problemas com sua autoimagem e a luta para se impor num ambiente dominado por homens com o dobro da sua idade.



Filme Noturno, de Marisha Pessl
Em uma noite fria de outono, Ashley Cordova é encontrada morta em um armazém abandonado em Manhattan. Embora a polícia suspeite de suicídio, o jornalista Scott McGrath acredita que exista algo mais por trás dessa história. Seu interesse pelo caso não é gratuito: Ashley é filha do famoso e recluso diretor de filmes de terror Stanislas Cordova, um homem que não é visto em público há mais de trinta anos e que, no passado, teve um papel trágico na vida de McGrath. Impulsionado por vingança, curiosidade e necessidade de descobrir a verdade, o jornalista é atraído para o horripilante e hipnótico mundo de Stanislas. Da última vez que chegou perto do cineasta, McGrath perdeu o casamento e a carreira. Dessa vez, pode acabar perdendo muito mais.



Segundo – Eu me chamo Antônio, de Pedro Gabriel
Com frases irreverentes e poéticas, Antônio, o alter ego do autor Pedro Gabriel, expressa, entre um chope e outro, seus sentimentos em ilustrações feitas em guardanapos de papel. Em Segundo – Eu me chamo Antônio, ele abre para o mundo as páginas do caderno em que escreve fragmentos de textos e explora sua criatividade brincando com frases e esboços. Com ilustrações inéditas, o livro apresenta textos em prosa poética e novas técnicas, como xilogravura, nanquim e colagem.


 Annie, de Thomas Meehan
Annie é uma corajosa garota de onze anos que tem um grande sonho: encontrar os pais. Deixada por eles num orfanato quando ainda era um bebê com a promessa de que um dia voltariam para buscá-la, a menina leva uma vida difícil sob o comando da malvada Srta. Hannigan, diretora do lugar. Felizmente, a sorte de Annie parece mudar quando o bilionário Oliver Warbucks, auxiliado por sua secretária, a amável Srta. Grace Farrell, decide convidar Annie para passar as festas de fim de ano em sua mansão e logo se vê cativado pelo otimismo dela. Inspirado em uma popular tirinha de um jornal norte-americano, a história da órfã foi retratada em espetáculo da Broadway e agora ganha nova adaptação para o cinema, que estreia no Brasil em fevereiro de 2015.


 Max Perkins, um editor de gênios, de A. Scott Berg
O livro, vencedor do National Book Award, explora a vida de Max Perkins, um editor extraordinário. Com acesso sem precedentes à correspondência entre Perkins e seus escritores, A. Scott Berg revela, com perspicácia e humor, detalhes da vida profissional e pessoal de uma das figuras mais lendárias da história do mercado editorial americano. Além do tumultuado casamento, das excentricidades sedutoras e do romance secreto de 25 anos com Elizabeth Lemmon, a obra aborda a relação de Perkins com os maiores luminares da literatura do século XX: F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway, Thomas Wolfe, Taylor Caldwell e vários outros.


 Noite de bolo e marionetes − Uma novela da trilogia Feita de fumaça e osso, de Laini Taylor ─ lançamento exclusivo em e-book
Esta novela conta como Zuzana e Mik começaram a namorar, em uma noite que é citada no romance Feita de fumaça e osso.  Mesmo sendo muito pequena, Zuzana, a “fada raivosa”, não é de se deixar intimidar. Sua melhor amiga, Karou, diz que ela tem “olhos de vodu”, capazes de fazer o sangue das pessoas congelar. Mas na hora de falar com Mik, a coragem a abandona. Os dois trabalham com teatro de marionetes: ela, como artesã dos fantoches, e ele, como violinista. Há tempos ela está apaixonada pelo “garoto do violino”, mas agora é hora de tomar uma atitude. Zuzana está determinada a se fazer notar, e tem um plano — repleto de verdadeira magia. É uma caça ao tesouro, que vai levar Mik por toda Praga em uma fria noite de inverno, e o tesouro será a própria Zuzana.


 Cachorros submarinos, de Seth Casteel
Nesse livro, o premiado fotógrafo de bichos de estimação e ativista em defesa dos direitos dos animais mostra um novo lado dos cães com vibrantes fotografias subaquáticas. De fora,parece simples: um cachorro dá um salto, mergulha e então volta à superfície molhado e triunfante, com uma bola na boca. Debaixo d’água, porém, o que vemos é um caótico balé de dentes e bolhas, patas se movendo, pelos e orelhas balançando. Em mais de oitenta fotos, selecionadas entre quase 300 mil, Seth Casteel apresenta imagens de cães que se tornaram uma sensação em todo o mundo.


O presente do meu grande amor: Doze histórias de Natal—Stephanie Perkins (org.)
Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, entre eles David Levithan, Jenny Han, Gayle Forman, Laini Taylor, Rainbow Rowell e Holly Black, há um pouco de tudo: presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite. Cada conto preserva o estilo e as características de seu autor, que surpreendem com textos para leitores de todas as idades.


 A vingança dos sete – Série Os Legados de Lorien (Vol. 5), de Pittacus Lore
No volume anterior da série Os Legados de Lorien, a Garde sofreu uma perda irreparável. O Número Cinco os traiu. O Número Oito se foi parasempre. Ella foi raptada. Os outros estão agora dispersos por vários lugares. Nesse quinto livro, John faz o mais improvável dos aliados: Adam, um mogadoriano que virou as costas para seu povo. Ele tem informações valiosas sobre a tecnologia, as estratégias de batalha e as vulnerabilidades dos mogs. Mais importante, ele sabe onde abatê-los: na base de comando, perto de Washington, DC. Durante a ação, no entanto, John e Adam compreendem que talvez seja tarde demais. Os mogadorianos deram início a seu plano de invasão definitivo. Nas mãos do inimigo, Ella está prestes a assistir à invasão de um lugar privilegiado. Por algum motivo, ela é mais valiosa viva. Enquanto isso, Seis, Nove e Marina seguem no encalço de Cinco. Com o desenvolvimento de um novo Legado, Marina finalmente tem o poder de reagir — se sua sede de vingança nãoconsumi-la primeiro. A Garde está abalada, mas não será derrotada. A batalha pela sobrevivência da Terra não está perdida.

Site deles aqui


Xoxo,

Carol

novembro 10, 2014

(Frases) - Gabito Nunes.

"Quando a saudade não cabe mais no peito, se materializa e transborda pelos olhos."

"Veja bem. Não tô dizendo que superei, as feridas estão comigo, servindo de baliza pra reconhecer esse lado quente e fresco das coisas. Mas eu preciso ir, não posso falar contigo agora. Tenho pressa de apertar o play. Dá licença? Então sai debaixo da minha sacada. E da próxima vez que sair na chuva, vê se antes aprende a se molhar."

"Era óbvio que a gente não iria ficar junto para sempre, mas precisava dizer?"

"Até tento rir de tudo, mas as peças que o amor me prega não tem nenhuma graça"

"Quando o medo não evita, o amor acontece."

"Quantas esquinas eu ainda vou precisar dobrar até você estar lá?"

"O imprevisto acontece e alguém te encontra. E te reecontra. Te reinventa. Te reencanta. Te recomeça."

novembro 09, 2014

(Textos Aleatórios) - Gabito Nunes.


"E, fatalmente, vão se cruzar por aí. São tantas as esquinas. Vocês vão beber um café quente juntos, falar amenidades, sobre novos cortes de cabelo, você está bonita, e você mais maduro, como está sua mãe e tudo mais. Nos momentos de silêncio, baixarão o queixo, com medo de amarrar olhares e, talvez, voltar tudo aquilo outra vez. Mas vai ser só isso.”

novembro 06, 2014

( Textos Meus) - Saudade eu tenho toda hora,

                                                  
Não ligo se você decidir nunca mais ir embora.
Você está na cidade de novo.E ligou para dizer que quer me encontrar no MC – nosso lugar favorito.Termino o meu expediente e saio correndo com minhas coisas.Seu olhar continua perigoso.Seu cabelo maior, sua barba também.Eu compartilho uma risada,apontando para uma garota esquisita.Ai,que saudades!Minha vida nunca mais foi a mesma sem os seus comentários bobos sobre pessoas estranhas.A última semana terminou com meu coração quebrado.As  pessoas que mais amo tem tendência á me machucar várias vezes durante um único segundo.E seu sorriso apodrece meus problemas.Você tem ácido na sua alma.Não,você não é amargo,muito menos um rapaz sem coração.Você tem poderes sobrenaturais e sempre os usa perto de mim quando o meu sorriso é amargo.Tenho medo de escrever e sentir alguma coisa.Amigos de década.Sorrisos gêmeos.Dedos entrelaçados.Olhares completos.Almas gêmeas.Uma amizade.Um pacto de vida,talvez.
Você não tem falas prontas.Talvez um sorriso proferido quando escapa um “eu te amo”.Seu olhar travesso fica mirabolando nossa próxima diversão.Você sussurra melodias por olhares e sibila versos poéticos.Tem medo da minha investigação.Um “eu te amo” nem sempre é uma expressão, ás vezes é um sentimento.
Hoje não cruzei a esquina com você.Desculpa,meu coração tem o péssimo hábito de me acostumar com o quê é errado.Suspiros românticos e um “eu te amo” pipocando minha cabeça.Você diz “ nem sei que tipo de relação é essa.”Nem eu.Oh amor, o quê importa diante dum amor tão infinito?


Xoxo,

Carol :)


outubro 19, 2014

(Resenha) - A Culpa É Das Estrelas, by John Green.

 Título A Culpa é das Estrelas
ISBN 9788580572261
Páginas 288
Edição
Tipo de capa Brochura
Editora Intrinseca
Ano 2012
Assunto Literatura Estrangeira
Idioma Português
Código de Barras 9788580572261

Não sei como começar a falar desse livro.É que as emoções contidas dentro dessa história..meio complicado distinguir a realidade da ficção,pois o jeito que é contada e o modo como retrata o câncer(geral) torna a leitura tão intíma,tão real.Eu assisti primeiro ao filme com minha irmã há um tempo atrás e então resolvi comprar o livro.Amei o filme e amei o livro.Ficou bem fiel e os detalhes conseguem te fazer chorar ainda mais,rs.
Hazel é uma garota de dezesseis  anos que convive desde os treze com um câncer no pulmão.É obrigada pelos seus pais á frequentar um grupo de apoios no qual não gosta muito.Não quer fazer muitos amigos porque acha que logo mais partirá dessa para "melhor".O seu mau humor( aliás, ás vezes é bem fofinho,rs) muda quando conhece Augustus Waters, um garoto de dezessete anos,que teve uma das pernas amputadas por causa do osteosarcoma.Ele é o que chamamos de "alto astral" e não deixa a Hazel parar de sorrir um minuto.
Há vários pontos positivos nessa história (não encontrei nenhum negativo).Quem passou por isso, já teve um câncer ou alguém próximo da sua família,quando ler esse livro vai sentir a mesma coisa que eu.Uma vontade imensa de chorar, porque mostra o quanto é preciso viver cada minuto da sua vida(possível) ao lado daquele que ama.O objetivo aqui é não deixar se entregar e continuar vivendo como se a doença simplesmente fosse nula, em qualquer hipótese.

"Você me deu uma eternidade dentro dos nossos numerados, e sou muito grata por isso"

outubro 10, 2014

(Carol Hermanas) - Meu Livro.Parte III

“Você quase passou o sinal vermelho porque estava olhando para mim” – Taylor Swift - All To Well.

Artur estava chupando um pirulito de coração com a mão direita e dirigindo seu fusca brilhante com a esquerda. Olhei de esguelha para os olhos brincalhões, tentando captar a felicidade estreita entre os corações adolescentes. A música tocava alto dentro do carro molhado pela chuva torrencial, mas meus sentimentos aguçados estavam voltados para o sentimento espremido dentro do automóvel. Ele contornava as ruas da estrada com rapidez, como se estivéssemos competindo contra o mundo. Ao contrário dos outros, o mundo dele era eu e foi quando engoli a verdade dentro dos meus medos mais recentes.
— Vamos agitar um pouco? — ele perguntou, desviando um pouco o olhar da estrada, mexendo no aparelho de som, colocando uma música agitada. (Falling To Pieces, by David Guetta). Respirei fundo, olhando-o de lado, beliscando seu braço e mordendo as bochechas gordas dele. Seu sorriso era desafiador; hora de apostar quem conseguia sustentar mais o olhar. Ele olhou como da primeira vez — o primeiro beijo — e eu o olhei como sempre, numa inocência só minha. E sustentamos juntos, alguns segundos de profundidade num mar repleto de rosas vermelhas onde me sentia perfumada por flores de todos os cheiros, aspectos. Mas eu me sentia. Como uma flor.
— Eu te amo — ele disse, assim que parou o carro e começou com a nossa antiga brincadeira de provação de amor — Como nunca amei outra garota.
— Eu também amo você — respondi sua declaração, acariciando seu rosto macio, passando os dedos pelos lábios úmidos — Como nunca amei outro garoto. Que dias loucos hein? — eu disse, de repente, rindo baixinho. 
— Por quê? — ele perguntou, concentrado na minha fala. No meu diálogo quase interno, se não fosse pela novidade ocultada sobre Nova York.
— Sabe, até ontem, não éramos ninguém. Então... — baixei meu olhar para o couro do banco, mas ele levantou meu rosto para eu encarar seu olhar galanteador — nós somos tudo. Completamos. Nós somos...
— Perfeitos. — ele disse, novamente relembrando nossas brincadeiras amorosas. Essa era outra em que sempre conseguíamos completar a frase um do outro.
— Vamos prometer de frente para o sol que está se deitando agora? — ele perguntou, olhando através da minha janela e sorrindo sozinho. — Que estaremos juntos como duas almas encontradas no meio do deserto, ou algo assim Eu li isso em algum lugar.
Com o nariz encostado no dele e um sorriso se abrindo como um diamante virando pó e caindo sob nossos rostos, sorri e repeti: — Almas gêmeas no deserto — e olhamos juntos o sol deitando-se como um ser humano normal. A sua claridade quase nos deixou cegos, mas também demasiadamente apaixonados.

-
Isso aqui é um trecho do meu livro.Gostaram? :)

Xoxo,

Carol

setembro 26, 2014

(Sorteio) : 9 livros, 3 ganhadores.

Oi gente,tudo bem?É com um sorriso enoooooooooooooooormeeee(yeah) que apresento o primeiro sorteio que meu livro participa com outros autores bem legais ^^ .E aí, vão perder essa? ahahahahaha :P Quem me convidou para esse mega evento foi a Carol do blog A Colecionadora de Histórias.Vamos lá para as regrinhas básicas? :P

Blogs e Autores Participantes
Organizadora A Colecionadora de Histórias: O Presente – Cecelia Ahern (sinopse)
Miss Thay: Eterna, o som do amor – Bianca Souza (sinopse) *nacional
Ficcionalmente Real: Esconderijo Secreto – Isadora Mello (sinopse) *nacional
Carol Hermanas: Cheiro de Sonho – Carolina Hermanas (sinopse) *nacional
Victor Reads: O bisturi de ouro – Chaiene Santos (sinopse) *nacional
Closet Secreto: Rangers, A ordem dos arqueiros (Ruínas de Gorlan: Livro I) – John Flanagan (sinopse)
Sonho de Leitora: Fama – Tilly Bagshawe (sinopse)
Entre Livros e Personagens: Albúm de Casamento – Nora Roberts (sinopse)
Autora Camila Silvestre: Alma Menina – Camila Silvestre (sinopse) *nacional


Como funciona o sorteio?
São 9 livros que serão divididos entre três ganhadores. O primeiro sorteado escolhe 3 livros entre os 9, o segundo sorteado escolhe 3 livros entre os 6 que sobrarem, e o terceiro sorteado fica com os 3 últimos livros que sobrarem.

Regras obrigatórias para participar
Seguir todos os blogs participantes no GFC e curtir todas as fanpages dos blogs, autores e livros. São as 22 primeiras regras que aparecem no aplicativo do Rafflecopter. Depois que você cumprir todas elas, aparecerão as regras extras. Quanto mais regras você cumprir, mais pontos terá e mais chances de ganhar também!


Informações Gerais
O sorteio será feito através do Rafflecopter. Para logar no aplicativo, utilize seu email ou facebook.
Período do sorteio: de 26 de setembro até 26 de outubro
Resultado: até 29 de outubro
Todos os livros nacionais irão autografados!
Serão sorteados três ganhadores diferentes.

Os ganhadores receberão um email do blog A Colecionadora de Histórias (com as opções de livros disponíveis). Esse email deverá ser respondido em até 72 horas, caso contrário, o sorteio será refeito.
Cada blog está responsável por enviar o próprio livro, ou seja, os ganhadores receberão seus respectivos livros separadamente e em datas diferentes.

Todos os blogs/autores têm o prazo de 45 dias para o envio dos livros, após a divulgação do resultado.
Os ganhadores devem ter endereço de entrega no Brasil.
Não nos responsabilizamos por extravio dos correios.
Se por algum motivo o livro voltar, o ganhador arcará com as despesas do reenvio.
Spammers e perfis de promoção serão automaticamente desclassificados.
Iremos conferir se as regras foram cumpridas corretamente.



a Rafflecopter giveaway

Xoxo,

Carol

setembro 14, 2014

(Resenha) - A música que mudou minha vida,by Robin Benway.

ISBN: 9788501083210
EDITORA: GALERA RECORD
ANO DE LANÇAMENTO: 2009
PÁGINAS: 368
                                                  AVALIAÇÃO: Nota 10.

Oi gente,tudo bem?Estou sumida( sempre estou,ahahaha), mas juro que logo mais isso acaba.Aliás,em dezembro acaba a facul e daí vou conseguir atualizar o blog diariamente.Vamos ao que nos interessa?

Comprei "A música que mudou minha vida" no sábado retrasado aqui perto de casa( paguei dez reais numa banca de jornal,oi) e posso dizer uma coisa?Foi a primeira vez na vida que eu RI com um livro.É sério.Não que eu seja muito fechada para emoções, mas sei lá, consigo chorar com filmes, não com livros,ahaghahahaha.E daí aparece esse livro( não conhecia essa história) e eu simplesmente devorei-o em menos de uma semana.

Conta a história de Audrey, uma menina de dezesseis anos que parece levar uma vida normal, até terminar com seu namorado Evan e receber como "troco" uma música super vingativa.O problema não é escutar a bendita e ficar se remoendo e levando em conta se terminar com o cara era realmente ruim,mas o que vira a cabeça da nossa protagonista é o fato de que a mesma fica famosa por ser a "personagem" da música.E quando digo reviravolta é confusão meesmo,para todos os lados.Ela recebe vários fãs no local onde trabalha e até é convidada para um programa famoso.Na sorveteria que é o local de trabalho,Audrey se apaixona por James, o cara que nunca falou alguma coisa prestável.
Temos a amiga popular(Sharon) e Victoria, sua BFF maluquinha que namora o Jonah, um garoto super divertido e que tira muitas risadas suas.

A trama é muito bem elaborada e cheia de palavrões,ahahaha.É uma escrita mais juvenil, voltada para os jovens.Gostei bastante da autora.Tem um estilo Meg Cabot.É super engraçada e sabe ser irônica em diálogos precisos.

"James era espirituoso!Quem diria?Está bem, quer dizer, além da Victoria.E admirando de longe?Comecei a pensar em todas as coisas não atraentes que eu já tinha feito na frente dele, tipo assoprar o nariz e espirrar durante um ataque de alergia."

Esse trecho representa uma coisa tão clichê.Ao meu ver, a autora quis mostrar como o amor está ao nosso lado e quase nunca percebemos.Ou seja, o cara está ali,trabalhando com você e daí bambam,vocês se apaixonam.O inesperado é sempre o melhor sentimento,certo?Gostei muito dessa parte.

Eu recomendo esse livro para quem gosta de filmes da Disney ou de sessão da tarde.É super fácil e rápido.Não vai querer largar antes de terminá-lo.

Xoxo,
Carol

setembro 06, 2014

(Você no céu) - Poem,by Carol Hermanas.

Oi gente,tudo bem? Ok ok, sei que estou MEGA ULTRA BLASTER sumida,mas as últimas semanas foram meio pesadas..facul apertando( estou no último semestre,uhuuuul) e o trabalho( para sustentar a facul,oi,rs) apertannnnndo.Mas ei,resolvi postar um dos meus poemas que escrevi há um tempo atrás.Espero que vocês gostem :)                    


                                                                       
"Tem uma lua lá no céu,
Tem um céu lá na lua,
Tem uma lua lá no céu,
Iluminando sua rua escura,
Aqui,Carlos,tem uma lua no seu sorriso,
E na lua tem o seu brilho.

Lá no alto tem uma alma,
Tem um brilho,
E lá no brilho tem você,
Meu pedacinho de nada."

Xoxo,

Carol

agosto 17, 2014

(Resenhando) - Namorados Imprestáveis,by Jessie Jones.


Páginas 378
Edição 1
Editora Bertrand Brasil
Ano 2009
Assunto Auto-Ajuda
Idioma Português
Código de Barras 9788528613810








Sinopse

Embalado por uma trilha sonora dos clássicos do pop anos 90 e ambientado nas ruas de Londres, "Namorados Imprestáveis" é uma viagem pela vida amorosa de Dayna - e todos os seus fantasmas! 

Com uma cota surpreendentemente alta de namorados imprestáveis no currículo, Dayna Harris, 27, no auge das dores do parto, reflete sobre todos os seus ex enquanto uma pergunta dos leitores fica no ar: quem diabos é o pai? 

"Namorados Imprestáveis" é um romance hilário sobre o amor no século XXI, que mostra o quanto uma garota precisa suar antes de encontrar sua alma gêmea. A autora consegue sustentar o mistério sobre a identidade do pai até o final da história, narrada em flashback a partir das primeiras contrações de Dayna na sala de parto. Muitas leitoras vão se identificar com os tipos de namorados descritos, com as furadas em que a protagonista se mete e com os sapos que ela precisa beijar até encontrar seu príncipe.

Escrito por Maria Beaumont, consagrada autora de bestsellers, sob o pseudônimo de Jessie Jones, ela agora anda pensando em dar continuidade ao tema desse romance. Quem sabe não vai escrever Maridos Imprestáveis, Filhos Imprestáveis, Crise de Meia-Idade Imprestável, Asilos Imprestáveis? Vamos aguardar.



Dayana Harris está prestes á ter seu primeiro filho e então começa a pensar sobre todos os seus ex-namorados.Com características e personalidades diferentes,nos perguntamos:quem é o pai dessa criança?
Dayana tem uma lista incansável dos seus antigos namorados e todos eles aprontaram alguma coisa para sair após um tempo da sua vida,menos Simon.Seu primeiro amor - pelo menos é o que pensava - com quem teve um relacionamento estável até um certo momento sai do controle quando Dayna descobre que foi traída.A partir daí, começa a se envolver com várias pessoas apenas para preencher o vazio no seu coração.Mesmo que eles sejam apenas um passatempo para ela não ficar sozinha, a nossa protagonista arrisca seu coração por alguns deles e até se apaixona - por que não?
Conhecemos um Chris que é completamente o oposto da personalidade dela e inteligente,mas muito bonito e irresistível.O menino aspirante á rock star pisa na bola e Dayana segue para o próximo.Archie é bonito,inteligente(também) até ela descobrir "suas verdadeiras cores" que  a autora descreve na aba do livro.Com o Gabriel, nem temos tempo para gostar de suas atitudes ou algo assim,pois sai de cena muito rápido.Mark é uma graça e parece ser o tipo de cara que toda garota sonha,mesmo Dayana não gostando muito do fato dele ser um protestante, mas há algo por trás desse rosto que ninguém sabe.E não é muito bom.E então, por último, mas não menos importante, conhecemos o Christian, que é o verdadeiro príncipe e até faz o grande pedido para Dayana.Talvez seja O Escolhido,certo?
A história toda foi muito bem construída.Dayana é meio doidinha, mas tudo o que quer é encontrar alguém que a respeite e possa amar intensamente.Ao longo desses relacionamentos,ela entra em conflito algumas vezes,misturando os sentimentos pelos nossos garotos e perguntando-se o que diabos está fazendo com sua própria vida.
Emily é a melhor amiga de Day e está na sala de parto tentando tranquilizá-la.

"- Não são as malditas contrações,Emily.É minha mão.Solte-a,pelo amor de Deus. - Tento arrancar minha mão,mas ela não solta...tão carinhosamente quanto uma morsa esmagadora de ossos,quero dizer."

Quando comprei esse livro não esperava muito.Sei lá, a sinopse não me deixou muito curiosa,mas resolvi ler mesmo assim( paguei 10 reais nas lojas americanas) e me surpreendi.Você pensa que é um livro bobo,mas abre a boca a cada página porque os acontecimentos seguintes não revelam nada do que você espera.E isso é ótimo,porque te prende completamente na história.Gostei da autora, nunca tinha lido nada dela, mas o senso de humor usado foi usado na dosagem certa.

Recomendo esse livro para você que quer sair completamente do clichê.

Xoxo,

Carol

julho 22, 2014

(Novidades Literárias) - Meu livro.





E aí,tudo bem?Vamos começar a semana com uma notícia linda:MEU LIVRO ESTÁ NO SITE DA EDITORA MULTIFOCO.Ok,vou te contar como tudo aconteceu:há dois atrás alguém me disse que "Vivendo Um Sonho em Nova York"( que era um livro bobinho e cheio de erros rs) deveria virar um livro.E a ideia começou a se transformar num projeto de vida.Durante todo esse tempo,escrevi,reescrevi,inventei tudo de novo,odiei e enfim,acabei ahahahhaha.Foram os melhores dias da minha vida,sério.Eu me diverti muuito escrevendo Cheiro de Sonho e sei que vocês, meus futuros leitores,vão adorar a Flor com suas maluquices e adorar o John de cachos fofos *_*
Domingo passado( dia 20 de julho de 2014) foi o lançamento do livro no Exquisito Bar( um bar num estilo pubb super chique) e eu adorei.Vendi pouco.Por conta do horário(sete horas da noite) e por ser num domingo, as pessoas esqueceram de mim(buáááá,ahahahhahaha).Mas enfim, teve um Sarau com meus amigos íntimos e foi bem divertido.( as fotos do meu mega dia especial vem aí,logo mais ahahahha).
Vamos a parte interessante?"Cheiro de Sonho" é aquela história que você se identifica e ri e chora com a Flor(eheheheh) e adora a Leisha e ahhhhh, eu realmente gostei bastante de escrevê-la.Foi o melhor passatempo do mundo,ahahahahaha.
Nessa madrugada, o livro saiu no site da editora Multifoco e gostaria de apresentá-los á vocês.Sei que o preço é meio salgado,mas vale a pena.Vale a pena pela diagramação LINDA e pela capa maravilhosa.E qual é gente, aposto que vocês vão adorar a história :)

Vamos me ajudar á ser uma escritora feliz?

Xoxo

Carol



Ps:
Links para compra e divulgação do livro: